COMPARAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS ENTRE RESTAURANTES COMERCIAIS DA REGIÃO CENTRAL E REGIÃO SUL DA CIDADE DE SÃO PAULO (SP)

Mônica Glória Neumann Spinelli, Jaqueline Maria Coelho, Ana Lúcia de Freitas Saccol

Resumo


A expressão “Boas Práticas” (BP) é utilizada para indicar um conjunto de ações aplicadas à produção de alimentos, com a finalidade de assegurar a qualidade dos produtos e prevenir riscos relacionados à saúde do consumidor. Este estudo teve por objetivo avaliar e comparar as Boas Práticas em restaurantes comerciais das regiões central e sul do município de São Paulo (SP). Aplicou-se um check list para o diagnóstico das BP e cálculo dos percentuais de adequação geral e por grupos de itens em 32 estabelecimentos, dezesseis de cada região. Foram classificados como grupo 1 os itens que apresentaram de 76 a 100% de conformidade com as BP, grupo 2 os que tiveram de 51 a 75% e grupo 3 de 0 a 50%. Verificou-se que a maioria dos restaurantes da região central foram classificados como grupo 2 e os requisitos com maior conformidade foram os relacionados ao controle integrado de vetores e pragas urbanas (85%) e abastecimento de água (82,9%). A maioria dos restaurantes da região sul foram classificados como grupo 1 e os requisitos com maior conformidade foram os relacionados ao abastecimento de água (89,3%) e exposição ao consumo do alimento preparado (88,4%). Pode-se concluir que, de um modo geral, os restaurantes das regiões avaliadas demonstraram boa adequação em relação às BP, porém a região sul apresentou melhores resultados que os da região central e que os restaurantes que apresentaram custo mais elevado das refeições tiveram melhor qualidade dos serviços prestados.

 


Palavras-chave


Manipulação de alimentos; boas práticas de manipulação; vigilância sanitária; alimentação coletiva; segurança alimentar e nutricional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.121

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.