TEORIA SOCIAL CRÍTICA: PRÁXIS E POLÊMICAS

Autores

  • Nilsen Aparecida Vieira Marcondes Prefeitura Municipal de São José dos Campos.
  • Maria Fátima de Melo Toledo Universidade de Taubaté (UNITAU).

DOI:

https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.206

Palavras-chave:

Teoria Social Crítica, Marx, Práxis, Polêmicas.

Resumo

O pensamento marxista e a explicação marxista de mundo se materializam na Teoria Social Crítica, a qual possui como foco o homem em sua condição de classe. Intenciona-se, neste artigo, partindo do ponto de vista deste referencial teórico crítico, refletir sobre práxis, bem como sobre as polêmicas que emergem quando o assunto é Teoria Social Crítica. Para elaboração deste estudo de natureza qualitativa e exploratória, a abordagem se configurou como bibliográfica. Os resultados apontam que essa Teoria se encontra em contínua evolução, contemplando conceitos e interpretações que, no decorrer da construção de seu processo histórico, não esteve isenta de polêmicas e críticas por parte de alguns estudiosos. Conclui-se, portanto, que essa Teoria, fundamentada no pensamento marxista, não se apresenta como um referencial teórico pronto e acabado porque os acontecimentos históricos são dialéticos e temporais.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nilsen Aparecida Vieira Marcondes, Prefeitura Municipal de São José dos Campos.

Assistente Social da Prefeitura Municipal de São José dos Campos/SP, Mestre em Desenvolvimento Humano: Formação, Políticas e Práticas Sociais pela Universidade de Taubaté/SP (UNITAU).

Maria Fátima de Melo Toledo, Universidade de Taubaté (UNITAU).

Docente do Programa de Mestrado Acadêmico e Interdisciplinar em Desenvolvimento Humano: Formação, Políticas e Práticas Sociais da Universidade de Taubaté (UNITAU). Doutora em História pela Universidade de São Paulo (USP).

Downloads

Publicado

2014-08-22

Como Citar

Marcondes, N. A. V., & Toledo, M. F. de M. (2014). TEORIA SOCIAL CRÍTICA: PRÁXIS E POLÊMICAS. Revista Univap, 20(35), 171–182. https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.206

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas