SAÚDE DA MULHER: ESTUDO CITOLÓGICO E MICROBIOLÓGICO DO TRATO GENITURINÁRIO DE PACIENTES DO CENTRO DE PRÁTICAS SUPERVISIONADAS DA UNIVAP

Autores

  • Ildelena Aparecida Godoy Graduanda do curso de Biomedicina - Univap
  • Letícia Correa Fontana Graduanda de Biomedicina da Universidade do Vale do Paraíba
  • Evelise F. Cordeiro Universidade Federal de São Paulo,Dep. de Patologia, Edifício Lemos Torres, Rua Botucatu, 740, Vila Clementino, São Paulo, SP CEP: 04023-062,
  • Sônia Khouri Universidade do Vale do Paraíba, Fac. de Ciências da Saúde, Av. Shishima Hifumi, 2911, Urbanova, S. J. dos Campos, SP,CEP: 122444-000
  • Juliana Ferreira-Strixino Universidade do Vale do Paraíba, Fac. de Ciências da Saúde, Av. Shishima Hifumi, 2911, Urbanova, S. J. dos Campos, SP,CEP: 122444-000

DOI:

https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.127

Palavras-chave:

citologia, microbiologia, Papanicolau, Colo de útero

Resumo

O câncer de colo do útero ou cervical é o segundo tumor mais frequente na população feminina, antecedido pelo câncer de mama. Caracteriza-se como a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, sendo as alterações celulares iniciais descobertas facilmente no exame preventivo, conhecido também como Papanicolaou. Este trabalho teve como objetivo desenvolver um estudo de rastreamento do câncer de colo uterino pelo exame de Papanicolaou e microbiológico no Centro de Práticas Supervisionadas (CPS) da UNIVAP, orientando as voluntárias sobre a saúde da mulher, explicando sobre os exames e a sua importância e sobre cuidados e prevenção desse tipo de câncer. Foram selecionadas 12 voluntárias, com idade entre 20 e 60 anos, para realização dos exames. Foram observadas alterações citológicas leves com quadro inflamatório, alterações nas células escamosas de significado indeterminado e, na análise microbiológica, observou-se a presença de leveduras. Conclui-se, com o presente resultado, a grande importância do exame e a proposta de mais um núcleo de referência para a sua realização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Correa Fontana, Graduanda de Biomedicina da Universidade do Vale do Paraíba

Graduanda do curso de Biomedicina da Universidade do Vale do Paraíba, aluna de iniciação científica no Laboratório de Terapia fotodinâmica do Instituto de pesquisa e desenvolvimento.

Evelise F. Cordeiro, Universidade Federal de São Paulo,Dep. de Patologia, Edifício Lemos Torres, Rua Botucatu, 740, Vila Clementino, São Paulo, SP CEP: 04023-062,

Universidade Federal de São Paulo,Dep. de Patologia, Edifício Lemos Torres, Rua Botucatu, 740, Vila Clementino, São Paulo, SP CEP: 04023-062,

Juliana Ferreira-Strixino, Universidade do Vale do Paraíba, Fac. de Ciências da Saúde, Av. Shishima Hifumi, 2911, Urbanova, S. J. dos Campos, SP,CEP: 122444-000

Pesquisadora do Instituto de Pesquisa e desenvolvimento da UNIVAP. Trabalha com pesquisas na área de Terapia fotodinâmica e câncer.

Downloads

Publicado

2014-08-22

Como Citar

Godoy, I. A., Fontana, L. C., Cordeiro, E. F., Khouri, S., & Ferreira-Strixino, J. (2014). SAÚDE DA MULHER: ESTUDO CITOLÓGICO E MICROBIOLÓGICO DO TRATO GENITURINÁRIO DE PACIENTES DO CENTRO DE PRÁTICAS SUPERVISIONADAS DA UNIVAP. Revista Univap, 20(35), 5–14. https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.127