ESTUDO COMPARATIVO DE HEMOCULTURAS E CATETERES POSITIVOS PARA LEVEDURAS DO GÊNERO CANDIDA DE ORIGEM HOSPITALAR

Anelise Cristina Osorio Cesar Doria, Thaisa Baesso Santos, Fernanda Ramos Figueira, Camila Di Paula Costa Sorge, Renata Cássia Bernardes, Auricélia de Cássia Silva Batista, Sônia Khouri

Resumo


Cerca de 80% das infecções fúngicas hospitalares são causadas por espécies do gênero Candida, Aproximadamente, 65% das infecções resultam da migração de micro-organismos da microbiota da pele, a partir do sítio de inserção do cateter e ocorrem devido à formação de biofilme. O objetivo do estudo foi realizar a caracterização de leveduras do gênero Candida isoladas de cateter venoso central (CVC) e de hemoculturas de pacientes hospitalizados. A metodologia empregada foi a de identificação de amostras de CVC e hemocultura, utilizando CHROMagar®, CANDIFAST® e o método automatizado VITEK® 2 Compact. Para avaliação da formação de biofilme, utilizou-se a Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Foram investigadas 18 amostras de pacientes hospitalizados, sendo encontradas 11 cepas de Candida albicans (50%), 02 cepas de C. parapsilosis (9%), 02 cepas de C. tropicalis (9%), 01 cepa de C. glabrata (4,5%), 01 cepa de C. pelliculosa 4,5%), 01 cepa de C. guilliermondii (4,5%) e 04 cepas de leveduras não identificadas (18%). Na técnica de MEV, todas as amostras de cateter foram positivas para a formação de biofilme, concluindo-se que sua presença pode influenciar na candidemia hospitalar relacionada ao cateter.


Palavras-chave


gênero Candida; cateter venoso central; hemocultura; biofilme

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v21i38.364

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

Revista UniVap, e-ISSN 2237-1753, é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 8 indexadores e 1 diretório:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.