EXTRATO DE Thymus vulgaris L. (TOMILHO) ATUA SOBRE BIOFILME POLIMICROBIANO DE Candida albicans e Streptococcus mutans

Fábia Lugli Sper, Jonatas Rafael de Oliveira, Leandro Wagner Figueira, Daiane de Jesus, Vanessa Marques Mecatti, Cláudio Antonio Talge Carvalho, Luciane Dias de Oliveira

Resumo


As folhas de tomilho são utilizadas como condimento, conservante alimentício e para fins medicinais. O objetivo desse estudo foi avaliar a ação antimicrobiana do extrato de tomilho sobre biofilme composto por C. albicans e S. mutans. Para tanto, suspensões de cada micro-organismo foram ajustadas a 107 UFC/mL e adicionadas (100 µL/poço de cada) em placa de microtitulação. Após 90 min de incubação, o sobrenadante foi substituído por 200 µL/poço de BHI+YNB (1:1). O biofilme de 48 h foi exposto por 5 min ao extrato de tomilho ou à solução salina. Após lavagens com salina, 100 µL/poço de solução de MTT foi adicionada e incubada por 1 h, esta solução foi substituída por dimetilsulfóxido (100 µL/poço) e a placa foi incubada por mais 10 min e agitada por outros 10 min. Os valores de densidade óptica (DO) foram obtidos em λ = 570nm e convertidos em percentual de viabilidade, analisados estatisticamente por T-Test (p ≤ 0,05). O extrato de tomilho reduziu significativamente a viabilidade do biofilme polimicrobiano (64 ± 11%). Com isso, foi constatado o efeito antimicrobiano do extrato de tomilho sobre o biofilme composto por C. albicans e S. mutans.


Palavras-chave


Thymus vulgaris; Candida albicans; Streptococcus mutans; Biofilme polimicrobiano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.890

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.