VARIÁVEIS MORFOFISIOLÓGICAS E QUALIDADE DE CAFÉ CONILON SOMBREADO COM INGÁ (Inga edulis)

Autores

  • Vinicius Agnolette Capelini Universidade Federal do Espírito Santo
  • Samira Luns Hatum de Almeida Universidade Federal do Espírito Santo
  • Jorge Tadeu Fim Rosas Universidade Federal do Espírito Santo
  • Gabriel Dias de Oliveira Universidade Federal do Espírito Santo
  • Gustavo Soares de Souza Instituto Capixaba de Pesquisa
  • Julião Soares de Souza Lima Universidade Federal do Espírito Santo
  • Samuel de Assis Silva Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1388

Palavras-chave:

Coffea canephora, Cafeicultura, Qualidade da bebida.

Resumo

Objetivou-se analisar a influência do sombreamento sobre o teor foliar de clorofila, área foliar específica e sobre o índice de sólidos solúveis de plantas de café conilon cultivadas em consorcio com Ingá. As medições de teor foliar de clorofila e área foliar específica foram realizadas mensalmente enquanto o grau brix foi medido semanalmente no início da fase fenológica de maturação. A diferença entre épocas de medição foi determinada pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Regressões múltiplas foram realizadas para analisar o efeito do sistema arborizado sobre as variáveis mensuradas. O teor foliar de clorofila apresentou variabilidade temporal, o que não foi encontrado para a área foliar específica. O sombreamento não influenciou a maturação dos frutos, não havendo diferença estatística entre as diferentes épocas de medição. À medida que o valor da área foliar específica aumenta, o teor de sólidos solúveis também aumenta, desde que o valor do teor foliar de clorofila seja intermediário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Agnolette Capelini, Universidade Federal do Espírito Santo

Departamento de Engenharia Rural - Ciências Agrárias

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

Capelini, V. A., de Almeida, S. L. H., Rosas, J. T. F., de Oliveira, G. D., de Souza, G. S., Lima, J. S. de S., & Silva, S. de A. (2017). VARIÁVEIS MORFOFISIOLÓGICAS E QUALIDADE DE CAFÉ CONILON SOMBREADO COM INGÁ (Inga edulis). Revista Univap, 22(40), 675. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1388

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.