ESTUDO DA INFLUÊNCIA NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS ENTRE CHAPAS DISSIMILARES SOLDADAS COM GAP NO PROCESSO MIG/MAG APLICADA EM CARROCERIAS NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

Rodrigo Otávio Venturini Salamão, Erika Peterson Gonçalves

Resumo


A indústria automobilística atualmente aceita, segundo a DIN EN ISO 5817, 2014, que o espaçamento entre juntas soldadas pelo processo MIG/MAG seja de 0,2 mm + 0,07x a espessura do metal de base de menor espessura. Porém, durante a realização do processo, industrialmente, parte da produção deve passar por processos de retrabalho que impactam negativamente tanto no que relaciona aos custos quanto no tempo de produção dos automóveis. O presente trabalho estuda o impacto do espaçamento entre as chapas dissimilares largamente empregadas nas estruturas das carrocerias de automóveis. Estudou-se os aços 22MnB5 (DIN EN 10083-3) produzidos por Hot Stamping e o HX 340 LAD (DIN EN 10346), produzidas por laminação a frio. Corpos de provas submetidos à soldagem MIG/MAG com corrente constante de 128,0 A, velocidade de soldagem constante de 7,6 m.min-1 e tensão de soldagem constante de 19,1 V em robô para execução da soldagem marca KUKA VKRC4 com seis eixos com uma garantia de repetitividade de 0,06mm. As amostras foram estudadas com espaçamento de 0,12 mm; 0,36 mm; 0,48 mm; 0,60 mm; 0,78 mm além daqueles corpos de prova de controle onde o espaçamento foi nulo. Por meio de ensaios mecânicos em dobramento a 90°, líquido penetrante e macrografia comprovaram que independente dos espaçamentos impostos às juntas soldadas, a integridade das juntas soldadas são mantidas. Os ensaios por líquidos penetrantes realizados após os ensaios de dobramento apresentaram juntas integras sem a presença de trincas e fissuras na região de solda.

Palavras-chave


MIG/MAG; chapas dissimilares; espaçamento entre chapas.

Texto completo:

PDF

Referências


CHEN, Y.B. et al. Experimental study on welding characteristics of CO2 laser TIG hybrid welding process. Sci. Technol. Weld. Join., v.11, p. 403–411, 2006.

DIN STANDARDS. DIN EN 10002-1:2001-12. Metallic materials - Tensile testing - Part 1: Method of testing at ambient temperature; German version EN 10002-1:2001. German: Deutsches Institut für Normung, 2001.

DIN STANDARDS. DIN EN 10083-3:2007. Steels for quenching and tempering - part 3: technical delivery conditions for alloy steels. German: Deutsches Institut für Normung, 2007.

DIN STANDARDS. DIN EN 10346:2015-10. Continuously hot-dip coated steel flat products for cold forming: Technical delivery conditions. German version EN 10346:2015. German: Deutsches Institut für Normung, 2015.

DIN STANDARDS. DIN EN ISO 5817:2014-06. Welding - Fusion-welded joints in steel, nickel, titanium and their alloys (beam welding excluded): Quality levels for imperfections (ISO 5817:2014). German: Deutsches Institut für Normung, 2014.

PAN, Q. et al. Effect of shielding gas on laser MAG arc hybrid welding results of thick high-tensile-strength steel plates. Weld. World., v. 60, p. 653–664, 2016.

SATHIYA, P. et al. Effect of shielding gases on microstructure and mechanical properties of super austenitic stainless steel by hybrid welding. Mater. Des., v. 33, p. 203–212, 2012.

SUBAN, M.; TUSEK, J. Dependence of Melting rate in MIG/MAG Welding on the type of shielding gas used. J. Mater. Proc. Tech., v.119, p. 185-192, 2001.

SUNA, G.F. et al. Investigation on microstructure and mechanical properties of NV E690 steel joint by laser-MIG hybrid Welding. Mater.Des., v. 127, p. 297-310, 2017.

WAHBA, M.; MIZUTANI, M.; KATAYAMA, S. Single pass hybrid laser-arc welding of 25 mm thick square groove butt joints. Mater. Des., v. 97, p. 1–6, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v26i51.2455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Univap

A Revista Univap informa que:

- Recebe submissões de artigos em fluxo contínuo;

- Não aceita trabalhos de revisões de literatura;

- Não há limite de autores. Em 2021 irá limitar a 5 autores por trabalhos;

- Consulte as Normas Gerais de Publicação <https://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/about/editorialPolicies#custom-2> e o Template <http://www1.univap.br/revista/20200812_Template_Revista_Univap.doc> para formatação do trabalhos;

- Os autores deverão seguir rigorosamente as orientações do Template/Modelo e inserir o número de Orcid nos Metadados da submissão;

- Os autores deverão enviar uma Declaração de Conflito de Interesses que deve ser preenchida, assinada e enviada através do passo 4 do processo de submissão. Portanto, nenhum artigo será publicado na Revista Univap sem o preenchimento desses requisitos. <http://www1.univap.br/revista/Declara_Rev_Univap.docx>

- Recomendamos que inclua um documento suplementar indicando três avaliadores com experiência na área (nome, email, Lattes);

- O prazo médio de avaliação é de 6 meses.


Revista UniVap, e-ISSN 2237-1753, é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 7 indexadores e 1 diretório:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.