LÓGICA FUZZY NA ANÁLISE ESPACIAL DOS TEORES DE K E S NO TECIDO FOLIAR DO MAMOEIRO

Abel Souza da Fonseca, Mariana Lima de Jesus, Julião Soares de Souza Lima

Resumo


Objetivou-se com este trabalho utilizar lógica fuzzy para mapear os graus de pertinência do K e do S considerando a variabilidade espacial de cada nutriente avaliado e o conjunto dos teores ideias. O estudo foi realizado em lavoura comercial de mamão, no norte do Espírito Santo, onde forma coletadas folhas recém-maduras em pontos georreferenciados. Foram determinados os teores foliares de K e S. Definida a dependência espacial foram confeccionados mapas temáticos por meio da krigagem ordinária. À partir dos mapas, determinou-se o universo de discurso de cada nutriente, seguido da construção dos conjuntos fuzzy de entrada, por meio da função trapezoidal. Com os mapas dos teores foliares realizou-se a classificação fuzzy. Os graus de pertinência para K representam os teores foliares abaixo do recomendado pela literatura. O S encontrado no tecido foliar apresentou se encontarm com mais pertinencia na faixa dos teores ideais.

Palavras-chave


Lógica difusa, geoestatística, análise foliar, Carica papaya

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1505

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.