A PREVALÊNCIA DAS DOENÇAS EM PACIENTES QUE REALIZAM FISIOTERAPIA HOSPITALAR

Alexsandra Marinho Dias, Daniela Albano, Morgana Araújo Silva, Fabiola Hermes Chesani, Rúbia Mara Giachini Kessler, Emmanuel Alvarenga Panizzi, Edilaine Kerkoski

Resumo


Atualmente existem poucos estudos sobre a prevalência das doenças de pessoas internadas que realizam fisioterapia hospitalar, frente a esta carência o estudo teve como objetivo verificar a prevalência das principais doenças que levaram ao atendimento fisioterapêutico num hospital público da região do Vale do Itajaí. Para esta análise foram utilizados como instrumento as tabelas de registro de atendimentos fisioterapêuticos realizados nos setores de clínica médica, clínica cirúrgica, clínica pediátrica e unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital público da região do Vale do Itajaí, considerados todos os registros de pacientes atendidos pela Fisioterapia correspondente ao período de fevereiro de 2015 a julho de 2016. Obtivemos como resultado desta pesquisa que  a maior parte das patologias atendidas pela fisioterapia no hospital público da região do Vale do Itajaí são de origens pulmonares e ortopédicas e ainda assim se destaca  a atuação precoce deste profissional contribuindo para uma redução do tempo médio de permanência no setor e para uma estabilização mais rápida do quadro clínico dos pacientes.

Palavras-chave


Fisioterapia hospitalar, doenças, atendimento fisioterapêutico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1364

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

A Revista Univap informa que:

- Recebe submissões de artigos em fluxo contínuo;

- Não aceita trabalhos de revisões de literatura;

- Limite de 5 autores por trabalhos;

- Consulte as Normas Gerais de Publicação <https://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/about/editorialPolicies#custom-2> e o Template <www1.univap.br/revista/20201215_Template_Revista_Univap.doc> para formatação do trabalhos;

- Os autores deverão seguir rigorosamente as orientações do Template/Modelo e inserir o número de Orcid nos Metadados da submissão;

Declarações a serem enviadas como documento suplementar:


Declaração de Conflito de Interesses que deve ser preenchida, assinada e enviada através do passo 4 do processo de submissão. Portanto, nenhum artigo será publicado na Revista Univap sem o preenchimento desses requisitos. <http://www1.univap.br/revista/Declara_Rev_Univap.doc>

- Declaração de Responsabilidade por tradução de língua inglesa/espanhola

Os autores deverão encaminhar Declaração de Responsabilidade de Tradução de língua inglesa/espanhola assinada por tradutor profissional.
<http://www1.univap.br/revista/Declaracao_traducao_profissional.doc>

Recomendamos o contato cpotraducao. Entretanto, fica a critério do autor. 

- Envio de documento suplementar com Indicação de Avaliadores (três) com experiência na área (nome, email, Lattes);

- O prazo médio de avaliação é de 6 meses.


Revista UniVap, e-ISSN 2237-1753, é uma publicação eletrônica editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Fontes de indexação da Revista UNIVAP:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.