PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE POLICIAIS MILITARES DE UM GRANDE COMANDO DE POLICIAMENTO DO INTERIOR

Edivaldo Ferreira dos Santos, Orlando Soares Gomes Neto, Emilia Angela Lo Schiavo Arisawa, Alessandra Conceição da Silva

Resumo


A profissão de policial militar (PM) está no topo daquelas suscetíveis a doenças físicas e psíquicas, pela exposição contínua em seu exercício a riscos psíquicos e físicos, com queda acentuada da qualidade de vida e riscos à saúde da função. Este estudo objetivou realizar retrato da prevalência de doenças que acometeram os policiais militares de um grande batalhão da Polícia Militar, entre Janeiro a Dezembro de 2014. A pesquisa é descritiva, quantitativa e retrospectiva, analisando dados estatísticos compilados a partir do banco de dados da Unidade do Comando de Policiamento do Interior Um, no período citado. Compuseram a amostra militares de três Batalhões que apresentam, aproximadamente, 1050 integrantes. Os dados, fornecidos pela Unidade Integrada de Saúde (UIS), basearam-se em levantamento interno, enviados em planilha mensal que discrimina doenças prevalentes em cada batalhão estudado. Os dados foram compilados de acordo com a Unidade Operacional, permitindo análises de cada batalhão e a comparativa entre os mesmos. Todos os dados foram submetidos à análise estatística descritiva, utilizando as medidas de tendência central (média, mediana e desvio padrão). As análises se concentraram nas doenças ortopédicas, psiquiátricas, cardiorrespiratórias, gastrointestinais, dermatológicas e renais que acometeram os PMs, no ano de 2014. Observou-se que as doenças ortopédicas prevaleceram nos três batalhões analisados (45%), seguidas de doenças psiquiátricas (16%) e doenças cardiorrespiratórias (16%). Os resultados permitiram realizar um retrato da prevalência de doenças que acometeram os policiais militares de um batalhão, no período de Janeiro a Dezembro de 2014, observando-se as doenças ortopédicas como prevalentes.

Palavras-chave


Policial Militar; epidemiologia; riscos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i39.359

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional, resenhas e revisão de literatura nas diversas áreas do conhecimento científico, sempre a critério de sua Comissão Editorial e de acordo com o formato dos artigos publicados.

<Notas para trabalhos de revisão de literatura>

Recomenda-se que atendam aos requisitos:

- domínio sobre o tema abordado; base para o avanço do conhecimento na área de foco; finalidade de explicar com clareza o tema; respeitar aspectos básicos de construção: relevância e interesse; servir de base para descobrir lacunas e resolvê-las em modelo conceitual propondo encaminhamento de hipóteses ou proposições; focar na teoria e não somente em resultados; incluir nova pesquisa de referências mais recentes; não citar somente o que outros trabalhos fizeram anteriormente.

Itens dessa sessão não receberão DOI e não serão incluídos para indexação da revista.


- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.