EFEITOS DA TERAPIA LASER DE BAIXA INTENSIDADE EM MODELO EXPERIMENTAL DE TENDINOPATIA EM RATOS: REVISÃO DE LITERATURA

Diego Rodrigues Pessoa, Davidson Ribeiro Costa, David Ribeiro Costa, Carolina Alves Delpasso, Emília Ângela Lo Schiavo Arisawa

Resumo


Tendinopatia é o termo utilizado para descrever lesões que afetam os tendões (tendinites e tendinoses), caracterizada pela presença de inflamação e degeneração tecidual, associada à sobrecarga mecânica e a movimentos repetitivos. Diversas modalidades terapêuticas têm sido estudadas no tratamento das tendinopatias, entre elas, destaca-se a terapia a laser de baixa intensidade (TLBI) que visa acelerar o processo regenerativo, diminuir a inflamação e reduzir a dor.  Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo realizar revisão de literatura, de artigos científicos com foco nos efeitos da terapia a laser de baixa intensidade (TLBI), em modelo experimental de tendinopatia em ratos. O estudo baseou-se na investigação de publicações entre janeiro de 2011 a outubro de 2016, em bases de dados eletrônicas com o emprego dos descritores “tendinopatia”, “laserterapia”, “ratos”, “tendão” e “terapia a laser de baixa intensidade”, combinados aos descritores booleanos. Foram selecionados sete artigos que apontam que a TLBI possibilitou a redução de importantes marcadores pró-inflamatórios, tais como IL-6 e TNF-α, bem como a proliferação aumentada de tenócitos, independentemente da dosagem aplicada. Os estudos científicos selecionados nesta revisão sistemática sinalizaram efeitos positivos da TLBI, principalmente na modulação da resposta inflamatória aguda ou crônica após a indução da tendinopatia.


Palavras-chave


Tendinopatia; laserterapia; ratos; tendão; terapia a laser de baixa intensidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.