AÇÃO DO LASER DE BAIXA INTENSIDADE NA PRODUÇÃO DE METABÓLITOS SECUNDÁRIOS DO DERMATÓFITO TRICHOPHYTON RUBRUM

Autores

  • Idália Aparecida Waltrick de Brito Siqueira UNIVAP
  • Milton Beltrame Junior UNIVAP
  • Maria Belen Salazar Posso UNIVAP
  • Newton Soares da Silva UNIVAP

DOI:

https://doi.org/10.18066/revunivap.v18i32.76

Palavras-chave:

Laser, Trichophyton rubrum, Citotoxicidade, Extrato fúngico

Resumo

A ação do laser arseneto de gálio alumínio (GaAlAs) nos comprimentos de onda 685nm e 830nm em cultura de Trichophyton rubrum, foi estudada visando obter  os metabólitos secundários e avaliar  a citotoxicidade dos mesmos em cultura de células. Foram utilizadas cepas do dermatófito T. rubrum provenientes do laboratório de Microbiologia da Universidade do Vale do Paraíba. O cultivo foi realizado em meio de cultura sólido de ágar Sabouraud (Merck, Alemanha) em placa de Petri. A colônia de T. rubrum foi irradiada com o laser (GaAlAs) a uma distância de 1cm da placa e incubadas em estufa 26ºC. Para o ensaio de citotoxicidade foi utilizada a linhagem ce-lular L929 (tecido conjuntivo de camundongo) proveniente do laboratório Adolf Lutz em São Paulo. As células foram plaqueadas e incubadas com o extrato fúngico em diferentes concentrações, por 1 h. Após esta incubação foi reali-zado o teste de Metil tiazol tetrazólio (MTT) para avaliação da citotoxicidade. Obteve-se uma diferença no cresci-mento das colônias controle e irradiadas a 685 nm estatisticamente significante (p<0,05). Na análise estatística com-parativa da citotoxicidade causada pelos extratos nas concentrações 2,5 mg/ml e 25x10-6 mg/ml, foi obtido p<0,05, o mesmo ocorreu entre as concentrações 25x10-2 mg/ml e 25x10-6 mg/ml. Na concentração de 25x10-2 mg/ml, observa-se uma elevação considerável (78,55%) na atividade mitocondrial dos grupos com tratamento em relação ao controle. O laser GaAlAs, nas condições metodológicas deste estudo, apresentou efeitos no metabolismo celular, alteração de morfologia e da taxa de crescimento da colônia in vitro. O extrato fúngico das colônias irradiadas apre-sentou efeito bioestimulador quando comparado ao extrato obtido do grupo controle e sem tratamento com laser.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Idália Aparecida Waltrick de Brito Siqueira, UNIVAP

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4276775T6

Milton Beltrame Junior, UNIVAP

Endereço para acessar este CV:
http://lattes.cnpq.br/6818945667479512

Maria Belen Salazar Posso, UNIVAP

Endereço para acessar este CV:
http://lattes.cnpq.br/4644641106395490

Newton Soares da Silva, UNIVAP

Endereço para acessar este CV:
http://lattes.cnpq.br/4644641106395490

Downloads

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Siqueira, I. A. W. de B., Junior, M. B., Posso, M. B. S., & Silva, N. S. da. (2012). AÇÃO DO LASER DE BAIXA INTENSIDADE NA PRODUÇÃO DE METABÓLITOS SECUNDÁRIOS DO DERMATÓFITO TRICHOPHYTON RUBRUM. Revista Univap, 18(32), 113–124. https://doi.org/10.18066/revunivap.v18i32.76