CORRELAÇÃO ESPACIAL DA RELAÇÃO DOIS A DOIS DE N, K E Ca EM LAVOURA DE MAMOEIRO NO NORTE CAPIXABA

Autores

  • Mariana Lima de Jesus Universidade Federal do Espírito Santo http://orcid.org/0000-0003-3391-8945
  • Abel Souza da Fonseca Universidade Federal do Espírito Santo
  • Alexandre Cândido Xavier Universidade Federal do Espírito Santo
  • Samuel de Assis Silva Universidade Federal do Espírito Santo
  • Julião Soares de Souza Lima Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.644

Palavras-chave:

Cokrigagem, análise foliar, Carica papaya.

Resumo

O estado nutricional do mamoeiro é um dos fatores que mais contribuem para o aumento da produtividade e da qualidade do mamão. Neste trabalho objetivou-se estimar a dependência espacial das relações dois a dois dos macronutrientes N, K e Ca, e correlacionar linearmente e espacialmente com a produtividade. O estudo foi realizado com dados de produtividade e com os teores de N, K e Ca de pecíolo do mamoeiro coletados de 129 pontos georreferenciados no município de São Mateus-ES. Todas as relações dois a dois avaliadas, juntamente com a produtividade, apresentaram dependência espacial. Não houve correlação linear entre as relações dois a dois com a produtividade, mas as relações apresentaram correlação espacial com a mesma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

de Jesus, M. L., da Fonseca, A. S., Xavier, A. C., Silva, S. de A., & Lima, J. S. de S. (2016). CORRELAÇÃO ESPACIAL DA RELAÇÃO DOIS A DOIS DE N, K E Ca EM LAVOURA DE MAMOEIRO NO NORTE CAPIXABA. Revista Univap, 22(40), 217. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.644