AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE PRODUTOS NATURAIS POR USUÁRIOS DE ESTRATÉGIAS DE SAÚDE DA FAMÍLIA DO MUNICÍPIO DE RONDONÓPOLIS – MT

Ana Caroline de Lara, Cristiane Melo Oliveira, Vanessa Alves Mendes, Patrícia Stocco, Milene Moreno Ferro Hein, Helen Cristina Fávero Lisboa

Resumo


A utilização de plantas em práticas populares é conhecida desde a pré-história, e, atualmente, tem sido denominada como medicina complementar de saúde. Na última década, foi observado um aumento no uso de práticas terapêuticas alternativas apoiadas por políticas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS); em particular, o uso de plantas medicinais e de fitoterápicos.  Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o consumo de plantas medicinais e fitoterápicos por usuários cadastrados nas Estratégias de Saúde da Família do município de Rondonópolis, MT. Trata-se de uma pesquisa de caráter quantitativo, com delineamento transversal, exploratória, não experimental em que foram realizadas entrevistas por meio de questionários. Do total de 71 pessoas entrevistadas, 63% não sabem a diferença entre fitoterápicos e plantas medicinais, 58% conhecem as diferentes formas de uso das plantas, 45% utilizam o chá e a parte da planta preferida pelos consumidores são as folhas (59%).  Aproximadamente 44% não realizaram nenhum tipo de consulta antes do consumo e 48 pessoas fizeram uso concomitante aos medicamentos sintéticos. Considerando os resultados obtidos, verifica-se que pode haver aumento dos riscos de intoxicação e reações adversas e demonstram a necessidade de orientação correta e precisa a respeito do uso dos produtos naturais.

Palavras-chave


Plantas medicinais; fitoterápicos; produtos naturais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v25i47.2071

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.