SENSIBILIDADE DE FRANKLINIELLA SCHULTZEI (THYSANOPTERA THRIPIDAE) A SOLVENTES

Autores

  • Talita Mainetti Centro Universitário São Camilo
  • Vando Miossi Rondelli Universidade Federal de Rondônia
  • Davi Cardoso Aguiar de Melo Centro Universitário São Camilo
  • Wilker Pinheiro Lima Universidade Federal do Espirito Santo
  • Wilson Rodrigues Valbon Universidade Federal do Espirito Santo
  • Nayara Camatta Campos Universidade Federal do Espirito Santo
  • Wenderson Tinorio de Paula Universidade Federal do Espirito Santo
  • Dirceu Pratissoli Universidade Federal do Espirito Santo
  • Adilson Vidal Costa Universidade Federal do Espirito Santo
  • Vagner Tebaldi de Queiroz Universidade Federal do Espirito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1108

Palavras-chave:

tripes, testemunha, potencial inseticida, testes biológicos.

Resumo

Resumo: O Brasil é um dos dez maiores produtores mundiais de tomate, com produção que atinge 3,7 milhões de toneladas. O tripes Frankliniella schultzei (Trybom) (Thysanoptera: Thripidae) mais comumente chamada de tripes-do-tomateiro, é umas das principais pragas desta cultura de grande importância econômica, onde os principais danos causados por essas pragas estão relacionados à sucção de seiva e a transmissão de fitoviroses, as quais interferem no desenvolvimento das plantas. Com a finalidade de verificar a sensibilidade de F. schultzei frente a diferentes solventes, para serem utilizados no preparo de formulações contendo óleos essenciais, foram preparados e avaliados onze solventes dentre os mais utilizados em ensaios com insetos em concentrações variadas. Os resultados encontrados mostraram que cinco solventes: Tween 80® (0,05%), acetona (2%), acetona (2%)/Tween 80® (0,01%), DMSO (2%), álcool (2%), não diferiram estatisticamente quando comparados a água destilada. O solvente escolhido para o preparo das formulações foi acetona (2%)/Tween 80® (0,01%) por apresentar melhor solubilidade frente ao óleo testado e causar baixa mortalidade frente ao tripes (7,1%).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-02-09

Como Citar

Mainetti, T., Rondelli, V. M., de Melo, D. C. A., Lima, W. P., Valbon, W. R., Campos, N. C., de Paula, W. T., Pratissoli, D., Costa, A. V., & de Queiroz, V. T. (2017). SENSIBILIDADE DE FRANKLINIELLA SCHULTZEI (THYSANOPTERA THRIPIDAE) A SOLVENTES. Revista Univap, 22(40), 506. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1108

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.