LEVANTAMENTO FITOSSOCIOLÓGICO DE PLANTAS DANINHAS EM ÁREAS DE CULTIVO DE CAFÉ LOCALIZADAS NO SUL DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO

Autores

  • Sandy Queiroz Espinoso Instituto Federal do Espirito Santo Campus de Alegre
  • Richardson Sales Rocha Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre
  • Louslany Almeida Oliveira Instituto Federal Fluminense Campus Campos Centro
  • Eduardo Sudre Pereira Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre
  • Maurício Novaes Souza Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre
  • Ismael Lourenço de Jesus Freitas Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.801

Palavras-chave:

Fitossociologia, frequência, identificação, agricultura.

Resumo

O experimento foi realizado em três propriedades de altitude e manejo diferentes, com lavouras de café, localizadas em três comunidades de Alegre, ES, Brasil. Para identificação e quantificação das espécies de plantas daninhas, foi utilizado como unidade amostral um quadrado inventário de 25 x 25 cm lançado aleatoriamente. As espécies presentes no seu interior foram cortadas rente ao solo, acondicionadas em sacos plásticos e levadas para o laboratório, para contagem e identificação. A partir dos resultados, determinaram-se os parâmetros fitossociológicos: densidade absoluta (Da), densidade relativa (Dr), frequência absoluta (Fa), frequência relativa (Fr), dominância absoluta (DoA), dominância relativa (DoR) e o índice de valor de importância (IVI). Com relação às diferenças encontradas entre os parâmetros fitossociológicos para as áreas avaliadas, conclui-se que o levantamento fitossociológico é de fundamental importância para o planejamento do manejo das plantas daninhas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-17

Como Citar

Espinoso, S. Q., Rocha, R. S., Oliveira, L. A., Pereira, E. S., Souza, M. N., & Freitas, I. L. de J. (2017). LEVANTAMENTO FITOSSOCIOLÓGICO DE PLANTAS DANINHAS EM ÁREAS DE CULTIVO DE CAFÉ LOCALIZADAS NO SUL DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO. Revista Univap, 22(40), 320. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.801