DIFERENTES GENÓTIPOS DE MILHO PARA PRODUÇÃO DE MINIMILHO

Maxwel Rodrigues Nascimento, Mario Euclides Pechara da Costa Jaeggi, Julio Cesar Gradice Saluci, Alex Justino Zacarias, Rebyson Bissaco Guidinelle, Israel Martins Pereira, Rogério Rangel Rodrigues, Samuel Ferreira da Silva, Maurício Novaes Souza

Resumo


Minimilho ou “baby corn” é o nome dado à inflorescência feminina do milho, antes da polinização, ou seja, é a espiga de milho em desenvolvimento. A colheita é realizada manualmente e ocorre de dois a três dias após a emissão dos estilo-estigmas. Ele é consumido in natura ou em conservas acidificadas na forma de petisco, picles, saladas e na confecção de pratos como risotos, sopas e guarnições acompanhadas com carnes e peixe grelhados O minimilho é considerado uma hortícola, devido o tempo gasto da semeadura à colheita. A produção de minimilho pode ser considerado com uma das alternativas para diversificar a produção e aumentar a rentabilidade na agricultura familiar.  Objetivou-se com a realização deste trabalho elaborar uma revisão de literatura sobre avaliação de diferentes genótipos de milho para produção de minimilho. Com base na literatura ainda não é possível recomendar cultivares de milho para produção de minimilho.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1460

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.