ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA NA CONVERSÃO DE ÁREA AO SISTEMA PLANTIO DIRETO

Douglas Vianna Bahiense, Maria da Penha Angeletti, Evelson Sanche Muniz, Jacimar Luis de Souza, Lucinéia Laurett, Rogério Carvalho Guarçoni

Resumo


Objetiva-se nesse trabalho a organização financeira de indicadores técnicos obtidos em uma área em conversão ao Sistema de Plantio Direto – SPD ou SPDP, no Sitio Sanche, Santa Maria de Jetibá, Estado do Espírito Santo. Á área em conversão está no sexto ano de aplicação dos três princípios do SPDP, em 0,49 hectares, cultivado com hortaliças e grãos. Neste trabalho foram utilizados três tipos de organização financeira: Custo de produção, Receita Bruta e Fluxo de Caixa Simples. A análise financeira indicou que o Sistema de Plantio Direto tende a crescer economicamente a partir do segundo ano, com o incremento da produção das culturas e com a redução da utilização de insumos e de mão-de-obra. Isto permite inferir que novos projetos de pesquisa e desenvolvimento precisam abordar a rotação de culturas estudando-se espécies econômicas de maior valor agregado, e também o manejo para minimizar os gastos. A educação financeira dos participantes da Rede mostra-se necessária para consolidar este ponto de vista.

Palavras-chave


tecnologias para a agricultura familiar; base financeira; sustentabilidade; tecnologias em SPD; produção de hortaliças e grãos em SPD.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1580

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional, resenhas e revisão de literatura nas diversas áreas do conhecimento científico, sempre a critério de sua Comissão Editorial e de acordo com o formato dos artigos publicados.

<Notas para trabalhos de revisão de literatura>

Recomenda-se que atendam aos requisitos:

- domínio sobre o tema abordado; base para o avanço do conhecimento na área de foco; finalidade de explicar com clareza o tema; respeitar aspectos básicos de construção: relevância e interesse; servir de base para descobrir lacunas e resolvê-las em modelo conceitual propondo encaminhamento de hipóteses ou proposições; focar na teoria e não somente em resultados; incluir nova pesquisa de referências mais recentes; não citar somente o que outros trabalhos fizeram anteriormente.

Itens dessa sessão não receberão DOI e não serão incluídos para indexação da revista.


- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.