INTERVENÇÃO CIRURGICA TARDIA EM PSEUDOARTROSE DIAFISÁRIA DE FÊMUR: RELATO DE CASO

Anna Victoria Souza Silva, Luiz Augusto Brusaca, Kim Theodoro da Silva Rolim Cabral, Ivanete Chaves Sbruzzi, Gislaine Priscila de Andrade, Vitor Alexandre da Silva

Resumo


Resumo - O excesso de veículos circulantes tem como consequência o aumento de acidentes automobilísticos. Desta forma, este índice se tornou uma preocupação, devido ao tempo de reabilitação e reinserção social do indivíduo. É comum em acidentes ocorrerem casos de fratura, de forma que nem sempre, a consolidação acontece de maneira adequada. Com isso, em toda falha na fusão óssea, a etiologia pode apresentar diversos fatores como causa, de uma patologia denominada como Pseudoartrose. O presente estudo tem como objetivo relatar um caso desta doença: paciente do sexo masculino, 23 anos, com a aquisição de politraumatismo, ocasionando fratura diafisária em terço distal de fêmur direito. Como intervenção, foi submetido a tratamento cirúrgico tardio e implantação de placa de compressão. Após o ato cirúrgico foi observada a não consolidação óssea devido à ausência de repouso do paciente no pós-operatório, apresentando então um prognóstico desfavorável, havendo a necessidade de troca da osteossíntese. A nova abordagem escolhida para o caso foi a implantação de osteossíntese com estabilidade absoluta, mais conhecida como Illizarov.

 

Palavras-chave: Pseudoartrose; Fraturas do Fêmur; Ferimentos; Lesões.


Área do Conhecimento: Fisioterapia


Palavras-chave


Pseudoartrose; Fraturas do Fêmur; Ferimentos; Lesões.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.483

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional, resenhas e revisão de literatura nas diversas áreas do conhecimento científico, sempre a critério de sua Comissão Editorial e de acordo com o formato dos artigos publicados.

<Notas para trabalhos de revisão de literatura>

Recomenda-se que atendam aos requisitos:

- domínio sobre o tema abordado; base para o avanço do conhecimento na área de foco; finalidade de explicar com clareza o tema; respeitar aspectos básicos de construção: relevância e interesse; servir de base para descobrir lacunas e resolvê-las em modelo conceitual propondo encaminhamento de hipóteses ou proposições; focar na teoria e não somente em resultados; incluir nova pesquisa de referências mais recentes; não citar somente o que outros trabalhos fizeram anteriormente.

Itens dessa sessão não receberão DOI e não serão incluídos para indexação da revista.


- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.