A CONSTRUÇÃO DA CONFIABILIDADE NA RELAÇÃO MÃE-BEBÊ A PARTIR DO CONCEITO DE ILUSÃO: UMA PERSPECTIVA WINNICOTTIANA

Ana Lúcia Braz Rios Pereira

Resumo


Este trabalho apresenta a interpretação do conceito de ilusão vinculando-o à teoria do amadurecimento e na relação de confiabilidade entre mãe e bebê presente na perspectiva psicanalítica de D.W. Winnicott. No primeiro momento, retoma as afirmações freudianas sobre a envergadura da noção de ilusão para a psicanálise em paridade com a terminologia pulsional (pulsão de vida e de morte) e os objetivos civilizacionais. Posteriormente, apresenta a teoria do amadurecimento de Winnicott a partir dos seus conceitos basilares tangendo a maternidade e o desenvolvimento do indivíduo. Por fim, relaciona as afirmações anteriores com a construção da confiabilidade na relação mãe-bebê a partir da experiência de ilusão propiciada pelo espaço transicional.

Palavras-chave


Confiabilidade; ilusão; maternagem; amadurecimento.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Jacques. Vocabulário básico de psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 2015.

ASSIS, Árbila Luiza Armindo. Influências da psicanálise na educação: uma prática psicopedagógica. Curitiba: Ibpex, 2007.

BEZERRA JUNIOR, Benilton; ORTEGA, Francisco. Winnicott e seus interlocutores. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2007.

DIAS, Elsa Oliveira. Sobre a confiabilidade e outros estudos. São Paulo: DWW Editorial, 2011.

FREUD, Sigmund. Uma dificuldade no caminho da psicanálise (1917). In FREUD, Sigmund. História de uma neurose infantil e outros trabalhos: (1917-1918). Rio de Janeiro: Imago, 1996a. 17v.

FREUD, Sigmund. Cinco lições de psicanálise (1910). In FREUD, Sigmund. História de uma neurose infantil e outros trabalhos: (1917-1918). Rio de Janeiro: Imago, 1996b. 17v.

FREUD, Sigmund. Além do princípio de prazer (1920). In: FREUD, Sigmund. Além do princípio de prazer, psicologia de grupo e outros trabalhos: (1920-1922). Rio de Janeiro: Imago, 1996c. 18v.

FREUD, Sigmund. Os instintos e suas vicissitudes (1915). In: FREUD, Sigmund. A história do movimento psicanalítico, artigos sobre a metapsicologia e outros trabalhos: (1914-1916). Rio de Janeiro: Imago, 1996d. 14v. 393 p.

FREUD, Sigmund. O Mal-Estar na Civilização (1930). In: FREUD, Sigmund. O futuro de uma ilusão, o mal-estar na civilização e outros trabalhos: (1927-1931). Rio de Janeiro: Imago, 1996e. 21 v.

GARCIA, Claudia Amorim. O conceito de ilusão em psicanálise: estado ideal ou espaço potencial? Estudos de Psicologia, Rio de janeiro, v. 12, n. 2, p. 169-175, ago. 2007.

LAPLANCHE, Jean; PONTAILS, Jean-Bertrand. Vocabulário de Psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MATOS, Olgária. A escola de Frankfurt: luzes e sombras do Iluminismo. São Paulo: Moderna, 2006.

WINNICOTT, D. W. O brincar e a realidade. Rio de Janeiro: Imago, 1971.

WINNICOTT, D. W. Os Bebês e suas Mães. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

WINNICOTT, D. W. O ambiente e os processos de maturação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1983.

WINNICOTT, D. W. Privação e delinquência. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

WINNICOTT, D. W. Textos selecionados: da pediatria à psicanálise. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1978.




DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v25i49.1937

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.