ANÁLISE DO BIOFLUIDO SALIVAR PÓS-TERAPIA LED TRANSCUTÂNEA EM REGIÃO MASSETÉRICA – ESTUDO CLÍNICO

Autores

  • Vanessa Borelli Seefeldt Universidade do Vale do Paraíba
  • Leandro Junio Masulo Universidade do Vale do Paraíba
  • Davidson Ribeiro Costa Universidade do Vale do Paraíba
  • Renata Amadei Nicolau Universidade do Vale do Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1391

Palavras-chave:

Saliva, Glândula Salivar, LED

Resumo

O biofluído salivar (BS) é um líquido secretado por glândulas salivares (GS). Possui a capacidade de manter a homeostasia da cavidade bucal e regular funções importantes do sistema estomatognático. A Terapia Laser ou LED de Baixa Intensidade (TLBI) tem sido investigada na área da saúde visando à redução de fadiga e a biomodulação tecidual e muscular. Contudo, não foram evidenciados estudos que analisassem o fluxo salivar, pH e capacidade tampão quando a TLBI é empregada, de forma transcutânea, em locais próximos às GS. Deste modo, o presente estudo tem como objetivo analisar as características bioquímicas do BS pré e pós-irradiação com LED no músculo masseter. Para tal, foram selecionados 6 voluntários do gênero masculino dos quais foram coletadas e analisadas duas amostras de saliva total não estimulada (STNE) e estimulada (STE), antes e após as terapias (controle, placebo ou LED terapia). Não foram evidenciadas diferenças significativas (p>0,05) entre as terapias avaliadas nos diferentes voluntários. Com base nos resultados é possível concluir que a irradiação LED não promoveu alteração nos parâmetros analisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

Seefeldt, V. B., Masulo, L. J., Costa, D. R., & Nicolau, R. A. (2017). ANÁLISE DO BIOFLUIDO SALIVAR PÓS-TERAPIA LED TRANSCUTÂNEA EM REGIÃO MASSETÉRICA – ESTUDO CLÍNICO. Revista Univap, 22(40), 677. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1391