A UTILIZAÇÃO DA ACUPUNTURA EM SINAIS E SINTOMAS DAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES: REVISÃO SISTEMÁTICA

Deborah Santos Morgado Costa, Nathalia Winkler, Leandro Júnio Masulo, Renata Amadei Nicolau, Josne Carla Paterno

Resumo


A acupuntura é uma técnica terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa. Os efeitos da acupuntura são: diminuição da dor e o relaxamento muscular pela utilização de agulhas. As Disfunções Temporomandibulares (DTMs) afetam o sistema estomatognático, envolvendo estruturas ósseas, musculares e na região orofacial. Foram coletados 11 artigos publicados dos últimos 10 anos (2005-2015) através das bases Scielo, Bireme e Google Acadêmico. 64% foram realizados com seres humanos. A acupuntura para dor em DTM é instituída durante aproximadamente 5 sessões de 18 minutos, normalmente 1 vez por semana. Os métodos de avaliação da dor mais citados são: Escala Visual Analógica (42%) onde deste percentual, 17% relatam Índice de Disfunção Craniomandibular associado à Escala Visual Analógica e 8% relatam o Exame clínico com associação da Escala Visual Analógica. 8% relatam somente o Exame clínico, Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (8%) e Índice de Disfunção Craniomandibular (8%). Conclui-se que a acupuntura é uma terapia efetiva, que traz como principais benefícios o relaxamento e diminuição da dor muscular em pacientes com DTMs.


Palavras-chave


Acupuntura, Articulação Temporomandibular e Odontologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1371

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.