PERFIL CLÍNICO E SOCIODEMOGRÁFICO DOS PACIENTES HEMODIALÍTICOS DE UMA UNIDADE DE HEMODIÁLISE DE TAUBATÉ-SP

Fernanda Aparecida Silva, Sarah de Lima Resende, Samantha de Lima Resende, Daiane Cassandra de Oliveira, Jaqueline Magalhães Gonçalves, Poliana Turino da Silva Monteiro, Teresa Celia de Mattos Moraes dos Santos, Eliana Fatima de Almeida Nascimento, Ana Lucia de Faria

Resumo


A Insuficiência Renal Crônica é a perda progressiva e irreversível da função renal. Objetivo: Avaliar o perfil clínico e sociodemográfico dos pacientes hemodialíticos de uma Unidade de Hemodiálise de Taubaté-SP. Método: Pesquisa prospectiva, descritiva e quantitativa. Resultados: Prevaleceu o sexo feminino em 55,46%, a faixa etária entre 80 e 90 anos de idade em 21,85%, casados em 54,62%, etnia branca em 44,54%, ensino fundamental em 47,90%, católicos em 72,27%, aposentados em 42,86%, após a hemodiálise destacou a hipotensão em 56,81%, tempo de hemodiálise 1 a 2 anos em 40,34%, três sessões por semana em 100%. Conclusão: Conclui-se que o perfil dos pacientes hemodialíticos foi: sexo feminino, faixa idade entre 80 e 90 anos de idade, casadas, de etnia branca, ensino fundamental, católicos, aposentados, hipotensão após a hemodiálise, tempo de 1 a 2 anos de hemodiálise, três sessões de hemodiálise por semana.

Palavras-chave


Enfermagem,reabilitação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1063

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional, resenhas e revisão de literatura nas diversas áreas do conhecimento científico, sempre a critério de sua Comissão Editorial e de acordo com o formato dos artigos publicados.

<Notas para trabalhos de revisão de literatura>

Recomenda-se que atendam aos requisitos:

- domínio sobre o tema abordado; base para o avanço do conhecimento na área de foco; finalidade de explicar com clareza o tema; respeitar aspectos básicos de construção: relevância e interesse; servir de base para descobrir lacunas e resolvê-las em modelo conceitual propondo encaminhamento de hipóteses ou proposições; focar na teoria e não somente em resultados; incluir nova pesquisa de referências mais recentes; não citar somente o que outros trabalhos fizeram anteriormente.

Itens dessa sessão não receberão DOI e não serão incluídos para indexação da revista.


- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.