IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DE EVENTOS HILDCAA/HILDCAA* PARA O ANO DE 1998 USANDO PYTHON

Isabelle Cristine Pellegrini Lamin, Virgínia Klausner de Oliveira, Arian Ojeda González, Alan Prestes, Valdir Gil Pillat, Marina Cezarini

Resumo


O artigo visa o desenvolvimento de um novo algoritmo via Python para estudar eventos de Atividade Auroral Contínua do Índice AE (Eletrojato Auroral), de Grande Intensidade e Longa Duração, HILDCAAs e HILDCAAs* (no qual * corresponde ao fenômeno HILDCAA flexibilizado). Este algoritmo é baseado e validado por meio do algoritmo previamente desenvolvido por Prestes et al. (2017a) em MATLAB. O intuito deste novo algoritmo proposto aqui é tornar o fluxograma deste acessível a todos os usuários, além de complementar e atualizar o algoritmo em MATLAB já existente. Um importante aspecto é o fato da linguagem de programação de alto nível Python ser uma ferramenta gratuita. Ademais, o artigo também objetiva a comparação dos eventos encontrados no ano de 1998 neste trabalho com aqueles obtidos por Prestes et al. (2017a) e Guarnieri (2006). A nova flexibilização adotada aqui não tem a intensão de suprimir ou modificar a concepção original das HILDCAAs, mostra que os eventos encontrados aqui continuam associados aos fenômenos HSSs/CIRs (Feixes Rápidos do Vento Solar/Regiões de Interações Corrotantes).

Palavras-chave


HILDCAA; Python; CIRs; HSSs.

Texto completo:

PDF

Referências


CHAPMAN, S.; FERRARO, V. C. A. A new theory of magnetic storms. Nature, v. 126, n. 3169, 1930.

CHAPMAN, S.; FERRARO, V. C. A. Terrestrial Magnetism, v. 36, n. 77, 1931.

CHAPMAN, S.; FERRARO, V. C. A. Terrestrial Magnetism, v. 38, n. 79, 1933.

GONZALEZ, W. D. et al. Solar wind-magnetosphere coupling during intense magnetic storms (1978-1979). Journal of Geophysical Research: Space Physics, v. 94, p. 8835–8851, 1989.

GONZALEZ, W. D. et al. What is a geomagnetic storm. Journal of Geophysical Research: Space Physics, v. 99, p. 5771-5792, 1994.

GUARNIERI, F. L. The Nature of Auroras During High-Intensity Long-Duration Continuous AE Activity (HILDCAA) Events: 1998 to 2001. In: MCPHERRON, R. et al. Recurrent Magnetic Storms: Corotating Solar Wind. [s.l.]: American Geophysical Union, 2006.

HAJRA, R. et al. Relativistic electron acceleration during high-intensity, long-duration, continuous AE activity (HILDCAA) events: Solar cycle phase dependences. Geophysical Research Letters, 41, p. 1876-1881, 2014.

HAJRA, R. et al. Relativistic (e > 0.6, > 2.0, and > 4.0 MeV) Electron Acceleration at Geosynchronous Orbit during High-intensity, Long-duration, Continuous AE Activity (HILDCAA) Events. The Astrophysical Journal, v. 799, n. 39, 2015.

KLAUSNER, V. et al. Latitudinal and longitudinal behavior of the geomagnetic field during a disturbed period: A case study using wavelet techniques. Advances in Space Research, v. 58, p. 2148–2163, 2016a.

KLAUSNER, V. et al. An alternative way to identify local geomagnetically quiet days: a case study using wavelet analysis. Annales Geophysicae, v. 34, p. 451–462, 2016b.

KLAUSNER, V. et al. Main patterns of the geomagnetic field: A case study using principal componente analysis. Physicae, v. 11, p. 1-11, 2015.

KLAUSNER, V. et al. Study of local regularities in solar wind data and ground magnetograms. Journal of Atmospheric and Solar-Terrestrial Physics, v. 112, p. 10–19, 2014.

KLAUSNER, V. et al. Characteristics of solar diurnal variations: A case study based on records from the ground magnetic station at Vassouras, Brazil. Journal of Atmospheric and Solar-Terrestrial Physics, v. 92, p. 124-136, 2013.

LAMIN I. C. P. et al. Criterio para identificacao de eventos hildcaa/hildcaa* baseado em Indices geomagneticos. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 21, 2017. Anais… São José dos Campos: UNIVAP, 2017. Disponível em: http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2017/anais/arquivos/RE_0554_0207_01.pdf. Acesso em: 01 mar. 2020.

PRESTES, A. et al. Statistical analysis of solar wind parameters and geomagnetic indices during HILDCAA/HILDCAA* occurrences between 1998 and 2007. Advances in Space Research, v. 60, p.1850-1865, 2017a.

PRESTES, A.; KLAUSNER, V.; GONZALEZ, A. O. High-intensity, long-duration, continuous AE activity events associated with Alfvénic fluctuations in 2003. Annales Geophysicae, v. 35. p. 1231–1240, 2017.

RATCLIFFE, J. A. An introduction to ionosphere and magnetosphere. São Paulo: Cambridge University Press, 1972.

SOUZA, A. M. et al. A study on the main periodicities in interplanetary magnetic field Bz component and geomagnetic AE index during HILDCAA events using wavelet analysis. Journal of Atmospheric and Solar-Terrestrial Physics, v. 149, p. 81–86, 2016.

TSURUTANI, B. T.; GONZALEZ, W. D. The cause of high-intensity long-duration continuous AE activity (HILDCAAS) – Interplanetary Alfven wave trains. Planetary and Space Science, v. 35, p. 405–412, 1987.




DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v26i52.2496

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Univap

 Revista Univap informa que:

- Recebe submissões de artigos em fluxo contínuo;

- Não aceita trabalhos de revisões de literatura;

- Limite de 5 autores por trabalhos;

- Consulte as Normas Gerais de Publicação <https://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/about/editorialPolicies#custom-2> e o Template <www1.univap.br/revista/20201215_Template_Revista_Univap.doc> para formatação do trabalhos;

- Os autores deverão seguir rigorosamente as orientações do Template/Modelo e inserir o número de Orcid nos Metadados da submissão;

Declarações a serem enviadas como documento suplementar:


Declaração de Conflito de Interesses que deve ser preenchida, assinada e enviada através do passo 4 do processo de submissão. Portanto, nenhum artigo será publicado na Revista Univap sem o preenchimento desses requisitos. <http://www1.univap.br/revista/Declara_Rev_Univap.doc>

- Declaração de Responsabilidade por tradução de língua inglesa/espanhola

Os autores deverão encaminhar Declaração de Responsabilidade de Tradução de língua inglesa/espanhola assinada por tradutor profissional.
<http://www1.univap.br/revista/Declaracao_traducao_profissional.doc>

Recomendamos os revisores abaixo entretanto, fica a critério do autor. 

Língua Inglesa - recomendamos o contato cpotraducao.
Língua Espanhola - recomendamos o contato traducao.

- Envio de documento suplementar com Indicação de Avaliadores (três) com experiência na área (nome, email, Lattes);

- O prazo médio de avaliação é de 6 meses.


Revista UniVap, e-ISSN 2237-1753, é uma publicação eletrônica editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap


Fontes de indexação da Revista UNIVAP:

 

 

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.

              


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.