PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Luan Barbosa Hubner Centro Universitário Unifacvest
  • Juliana Facchini de Souza Centro Universitário Unifacvest
  • Marcio Jose Sembay Centro Universitário Unifacvest
  • Ingrid Solange Sepúlveda Muñoz Centro Universitário Unifacvest

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1395

Palavras-chave:

Prontuario eletronico, PEP

Resumo

O prontuário eletrônico é uma ferramenta de grande auxilio para gestão em unidade básica de saúde (UBS), hospitais e clinicas. Quando falamos de prontuário eletrônico percebemos que possui vários nomes, como: Prontuário do Paciente, Prontuário Familiar, Prontuário Médico, Prontuário Hospitalar, Registro do Paciente entre outros. Com a ideia de melhorar o atendimento dos pacientes, garantir segurança para os dados e manter um histórico do paciente da sua vida toda, se seu uso for bem trabalhado com cuidado e alimentado o sistema corretamente irá ser de grande aproveitamento e ajuda para a instituição. Diante disto o objetivo do presente estudo é uma revisão de literatura, para avaliar a eficácia da implantação de um prontuário eletrônico. Nenhum estudo mostrou que o prontuário teve efeito negativo em sua implantação, apenas apresenta algumas desvantagens, sendo a implantação do prontuário eletrônico de grande valia em UBS que ainda não os possuem.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-27

Como Citar

Hubner, L. B., de Souza, J. F., Sembay, M. J., & Muñoz, I. S. S. (2017). PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE: REVISÃO DE LITERATURA. Revista Univap, 22(40), 679. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1395