FATORES ASSOCIADOS A NÃO ADESÃO AO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Leidiane Mirlla de Oliveira Mendes, Jacira Silva Torres Barros, Nancy Nay Leite de Araújo Loiola, Joselma Maria Oliveira Silva

Resumo


O controle inadequado da pressão arterial pode estar relacionado à falta de adesão do paciente hipertenso ao tratamento indicado. Objetivo: Sintetizar o conhecimento produzido e publicado na literatura nacional sobre os fatores associados à não adesão ao tratamento da hipertensão arterial no período de 2006 a 2012. O presente estudo trata-se de uma revisão integrativa da literatura. O levantamento bibliográfico ocorreu mediante a consulta na base de dados online da Biblioteca virtual em Saúde. Critérios de inclusão: artigos nacionais, textos completos, que abordassem a temática e os publicados entre 2006 a 2012. Critérios de exclusão: que não estavam relacionados à temática do estudo e que estavam fora do período determinado. Foram considerados 11 artigos. O ano de 2008 e 2010 concentrou o maior número de publicações com 28% cada. Observaram-se, nos artigos, as abordagens metodológicas qualitativa com 27% e quantitativa com 73%. A região Sudeste se destaca com 37% das publicações. Local de realização das pesquisas, 91% dos artigos foram realizados em Unidades Básicas de Saúde. 19% dos artigos foram publicados na Revista Rene. Procedeu-se uma leitura analítica que possibilitou a formulação da categoria: Fatores que influenciam a não adesão ao tratamento anti-hipertensivo. O estudo realizado permitiu sintetizar a produção de conhecimento nacional acerca dos fatores que influenciam a não adesão ao tratamento da hipertensão. A compreensão dos reais motivos da não adesão ao tratamento da hipertensão se torna importante no que se refere à criação de projetos e ações de saúde pública voltada para esse agravo.

 


Palavras-chave


Enfermagem. Hipertensão. Tratamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revunivap.v20i35.182

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional, resenhas e revisão de literatura nas diversas áreas do conhecimento científico, sempre a critério de sua Comissão Editorial e de acordo com o formato dos artigos publicados.

<Notas para trabalhos de revisão de literatura>

Recomenda-se que atendam aos requisitos:

- domínio sobre o tema abordado; base para o avanço do conhecimento na área de foco; finalidade de explicar com clareza o tema; respeitar aspectos básicos de construção: relevância e interesse; servir de base para descobrir lacunas e resolvê-las em modelo conceitual propondo encaminhamento de hipóteses ou proposições; focar na teoria e não somente em resultados; incluir nova pesquisa de referências mais recentes; não citar somente o que outros trabalhos fizeram anteriormente.

Itens dessa sessão não receberão DOI e não serão incluídos para indexação da revista.


- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.