DIVERSIDADE GENÉTICA DE Anadenanthera peregrina (L.) Speg (Fabaceae) NO MUNICÍPIO DE GUAÇUÍ-ES

Kelmer Mozer Moro, Lucimara Cruz de Souza, Adelson Lemes da Silva Júnior, Aléxia Gonçalves Pereira, Alessandra Abreu Rodrigues Vieira, Mariana Cruz de Souza, Fábio Demolinari de Miranda

Resumo


A Floresta Atlântica vem sendo afetada por ações antrópicas ao longo no tempo e ainda continua sofrendo com essas ameaças. A fragmentação florestal ocasionada pelo desmatamento e o corte seletivo de espécies arbóreas contribui significativamente para a perda de diversidade genética nas populações naturais. Anadenanthera peregrina é uma espécie arbórea de grande porte e está sob efeito da fragmentação e corte seletivo. Análises genéticas a nível populacional são importantes para direcionar estratégias conservacionistas. Neste trabalho foi avaliada a diversidade genética de uma amostra populacional de trinta e cinco indivíduos de A. peregrina utilizando marcadores SSR. As análises permitiram dizer que a população não é endogâmica, provavelmente pelo fato da espécie ser predominantemente auto incompatível predominando a fecundação cruzada. A diversidade genética foi inferior a outros trabalhos com a mesma espécie, possivelmente pelo histórico da área. As árvores amostradas podem servir como fonte de sementes para produção de mudas destinadas ao reflorestamento.  


Palavras-chave


genética da conservação, angico vermelho, microssatélites, diversidade genética, desmatamento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1655

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.