CONTROLE DE CUPINS EM PLANTIOS DE EUCALIPTO NA REGIÃO CENTRO NORTE DE MINAS GERAIS

Autores

  • Ivan da Costa Ilhéu Fontan Instituto Federal do Espírito Santo
  • Marlon Michel Antônio Moreira Neto Plantar - P&D.
  • Sharlles Christian Moreira Dias Plantar - P&D.

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.510

Palavras-chave:

cupinicida, eucalipto, certificação florestal, cupim

Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar em condições de campo a eficiência de princípios ativos alternativos ao fipronil no tratamento de mudas de eucalipto contra o forrageamento por cupins subterrâneos, de modo a subsidiar sua substituição por produtos menos tóxicos ao homem e ao ambiente. O estudo foi conduzido em uma área de implantação de floresta clonal de Eucalyptus urophylla localizada em Curvelo/MG. Foram utilizados os inseticidas fipronil (800g/Kg), imidacloprido (700g/Kg) e tiametoxam (250g/Kg), além de um tratamento testemunha (sem cupinicida). O experimento foi estabelecido em um delineamento em blocos casualizados (DBC) com 5 (cinco) repetições, sendo avaliado o incremento em diâmetro do coleto e altura total, e a biomassa das plantas após 120 dias do plantio. Os produtos cupinicidas utilizados no tratamento por imersão dos substratos não expressaram diferenças significativas (p<0,05) no crescimento das plantas até 120 dias após o plantio no campo, indicando ser possível substituir o produto fipronil por outros registrados para a mesma finalidade e disponíveis no mercado brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-11-23

Como Citar

Fontan, I. da C. I., Moreira Neto, M. M. A., & Dias, S. C. M. (2016). CONTROLE DE CUPINS EM PLANTIOS DE EUCALIPTO NA REGIÃO CENTRO NORTE DE MINAS GERAIS. Revista Univap, 22(40), 159. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.510