MORFOLOGIA DO VASO DEFERENTE DE Callinectes ornatus (Crustacea: Portunoidea) COLETADOS NO LITORAL SUL CAPIXABA

Autores

  • Marina Lopes Marinho Universidade Federal do Espírito Santo
  • Jamily Almeida Fontoura Universidade Federal do Espírito Santo
  • Tugstênio Lima de Souza Universidade Federal do Espírito Santo
  • Adriane Araújo Braga Universidade Federal do Espirito Santo
  • Erika Takagi Nunes Universidade Federal do Espirito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1055

Resumo

O siri azul (Callinectes ornatus) é um importante recurso pesqueiro, logo conhecer as estruturas que colaboram para seu sucesso reprodutivo é essencial. Este estudo objetivou descrever o vaso deferente dos machos desta espécie de siri, por meio da microscopia de luz. A estrutura do vaso deferente é constituída por três regiões distintas: anterior (VDA) revestido por epitélio cilíndrico simples e, em seu lúmen, é possível notar uma secreção acidófila; média (VDM) possui epitélio cúbico simples e um grande volume de secreção em seu interior; posterior (VDP) que apresenta uma camada muscular bem desenvolvida e vários espermatóforos, encontrados em vários estágios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-02-06

Como Citar

Marinho, M. L., Fontoura, J. A., de Souza, T. L., Braga, A. A., & Nunes, E. T. (2017). MORFOLOGIA DO VASO DEFERENTE DE Callinectes ornatus (Crustacea: Portunoidea) COLETADOS NO LITORAL SUL CAPIXABA. Revista Univap, 22(40), 473. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1055