ENSINO E APRENDIZAGEM DE HISTÓRIA: TRADICIONAL X TECNOLOGIA

Nelma Furtado da Costa, Juliana Gonçalves da Silva, Ana Enedi Prince

Resumo


Esse artigo explana a realidade da era tecnológica em concorrência com os métodos tradicionais de ensino petrificados e inibidores do processo de ensino e aprendizagem. Considerando que o conhecimento ocorre a partir das relações do individuo com o mundo em que ele vive, o ensino precisa partir da atualidade, sendo o educador o mediador que deverá e poderá transformar a escola, em um local agregador entre as informações prévias do educando e o conteúdo administrado. A educação brasileira foi voltada para atender as necessidades políticas de cada período, com pouca preocupação para o enriquecimento cultural da sociedade como um todo, ou seja, o foco do ensino não estava centrado no aluno. Visando a não repetição desse equívoco é que se faz relevantes as pesquisas das mudanças da sociedade e a função social da escola, transformando essa última como agente construtor do conhecimento.


Palavras-chave


Recursos Didáticos, História, Ensino, Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.