A EXPLORAÇÃO DE AREIA NA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE E A GESTÃO MINERÁRIA NOS MUNICÍPIOS DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS E JACAREÍ – SP

Giorgia Yoshiko Rossignolo Suzumura Becker, Mário Valério Filho

Resumo


O processo acelerado de urbanização, em meados do século XX, no Brasil, trouxe o aumento na demanda da extração de areia, uma realidade que se repete nos municípios de Jacareí e São José dos Campos, pertencentes à Sub-Região 1 da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte - RMVPLN. A exploração desse recurso mineral costuma gerar um grande conflito socioeconômico ambiental, pois a sociedade busca esses recursos para suprir suas necessidades, mas, por outro, lado a população que habita próximo a essas áreas de exploração sofre diretamente com o impacto gerado. Este artigo aborda a problemática da exploração de areia nos municípios de Jacareí e São José dos Campos, pois, mesmo fazendo parte de uma mesma Região Metropolitana, não há políticas voltadas para um interesse comum dos municípios, uma vez que devido a legislações municipais diferentes, atuam de forma distinta quanto à exploração da areia em seu território. Os estudos bibliográficos e análises das legislações competentes geraram dados levantados que permitiram identificar que, em São José dos Campos, existem vários conflitos entre a atividade mineradora e o uso e ocupação do solo, sendo essa atividade proibida desde a Lei Orgânica de 1990. Já, em Jacareí, município vizinho, a legislação permite a exploração de areia em suas terras.


Palavras-chave


Planejamento urbano e regional; exploração de areia; gestão minerária; Jacareí; São José dos Campos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v24i44.1875

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.