AGRUPAMENTO DE CAFÉS CONILON ESPECIAIS POR CONDUTIVIDADE ELÉTRICA

Luina Ribeiro Noia, Ana Beatriz Rocha de Jesus Passos, Jaqueline Rodrigues Cindra de Lima Souza, Adriano Azevedo Merçon, Tércio da Silva de Souza, Marcia Flores da Silva Ferreira, Adésio Ferreira

Resumo


Métodos apropriados para a avaliação da qualidade sensorial do café conilon foram desenvolvidos recentemente e exigem provadores experientes e especializados. A análise da condutividade elétrica de exsudados dos grãos de café é um método auxiliar para determinação da qualidade do café, baseado no fato de a condutividade elétrica ser maior em grãos de café de menor qualidade por estes possuírem membranas menos íntegras, que lixiviam maior conteúdo de íons e solutos. Neste trabalho objetivou-se avaliar a capacidade de se discriminar cafés conilon especiais de cafés comerciais através da análise da condutividade elétrica dos grãos. Foram avaliadas 10 amostras de café conilon, cinco de cafés especiais e cinco de cafés comerciais. A análise de condutividade elétrica foi um método eficiente para discriminar os cafés especiais dos cafés comerciais, agrupando-os em dois grupos distintos pelo método UPGMA. Os valores de condutividade são maiores em cafés de menor qualidade, com grãos menores e maior percentagem de defeitos.

Palavras-chave


Café; qualidade; química

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.746

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.