AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DO SUCO DE LARANJA IN NATURA COMERCIALIZADO EM VIA PÚBLICA NA ZONA CENTRAL DE SÃO PAULO-SP

Daniel Ferreira Barros, Gabriella Sampaulo Martins Bento, Laís Morais Nobre Scarance, Vanessa Diniz de Oliveira Andrade, Andrea Carvalheiro Guerra Matias, Edeli Simioni de Abreu

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar a presença de microrganismos em amostras de sucos de laranja in natura coletados na zona central de São Paulo-SP e comparar com a legislação vigente. Foram coletadas três amostras de sucos de laranja in natura em diferentes pontos de venda. As análises foram realizadas para identificar a presença de mesófilos, fungos e coliformes, utilizando Ágar Triptona Soja (ATS), Batata Dextrose Ágar (BDA) e teste presuntivo e confirmativo para coliformes. Os valores encontrados estavam acima do recomendado para bolores, leveduras e bactérias. Quanto à presença de coliformes fecais, houve ausência em todas as amostras, e presença de 50% pelo teste presuntivo e 33,3% no teste confirmativo para coliformes totais. Ressalta-se a necessidade da adoção de boas práticas de manipulação de alimentos.

Palavras-chave


suco de laranja, qualidade, coliformes, microbiologia de alimentos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v21i37.175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.