AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ARROZ E FEIJÃO EM UMA UNIDADE DE ENSINO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

Autores

  • Karoline Jorge UniversidadePresbiteriana Mackenzie
  • Mônica Glória Neumann Spinelli UniversidadePresbiteriana Mackenzie
  • Raquel Cymrot UniversidadePresbiteriana Mackenzie
  • Andrea Carvalheiro Guerra Matias UniversidadePresbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i36.266

Palavras-chave:

consumo de alimentos, arroz, feijão.

Resumo

O consumo de arroz e feijão no Brasil não vem acompanhando o crescimento populacional do país, com uma redução gradual do consumo per capita. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar o consumo de arroz e feijão por alunos e funcionários de uma unidade de ensino particular no município de São Paulo. Estudo transversal estratificado com 385 indivíduos, alunos dos variados períodos, professores e funcionários. Foi avaliado o consumo de arroz e de feijão, a quantidade consumida, os tipos de maior aceitação, local de consumo e responsável pelo preparo. Não houve significância estatística entre o consumo de arroz e as categorias estudadas. Houve preferência pelo arroz branco e pelo feijão carioca e comparativamente houve um maior consumo de arroz do que de feijão. Dos indivíduos estudados, 64,4% (n=248) faziam consumo inadequado de arroz e os alunos do noturno apresentaram maior inadequação 39,1% (n=97). Concluiu-se que, na população estudada, o consumo de arroz e feijão mostrou-se predominante no almoço, houve maior preferência pelo arroz branco e pelo feijão carioca. O consumo foi inadequado e menor do que o recomendado para a população brasileira e apresentou-se maior nos domicílios com empregada em relação aos demais. O feijão é raramente substituído por outro alimento, diferente do que ocorre com o arroz.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karoline Jorge, UniversidadePresbiteriana Mackenzie

Nutricionista graduada pela Universidade PresbiterianaMackenzie

Mônica Glória Neumann Spinelli, UniversidadePresbiteriana Mackenzie

Nutricionista, mestre e doutora em Saúde Pública (área de concentração -nutrição) pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), professora adjunta do curso de nutrição da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Raquel Cymrot, UniversidadePresbiteriana Mackenzie

Mestrado em Estatística pela Universidade de São Paulo, Brasil(1985)
Professor Assistente Associado I da Universidade Presbiteriana Mackenzie , Brasil

Andrea Carvalheiro Guerra Matias, UniversidadePresbiteriana Mackenzie

Doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo, Brasil(2008)
Professor Periodo Aulista da Universidade Presbiteriana Mackenzie , Brasil

Downloads

Publicado

2015-01-05

Como Citar

Jorge, K., Neumann Spinelli, M. G., Cymrot, R., & Matias, A. C. G. (2015). AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ARROZ E FEIJÃO EM UMA UNIDADE DE ENSINO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Revista Univap, 20(36), 35–46. https://doi.org/10.18066/revunivap.v20i36.266