INTERAÇÃO DO CALCÁRIO E DO SILICATO DE CÁLCIO E MAGNÉSIO COM GESSO AGRÍCOLA NA PRODUÇÃO DE MASSA SECA DE Panicum maximum JACQ. CV. CAPIM MOMBAÇA

Autores

  • Vinícius Faúla Aguiar Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais/Agronomia
  • Rosália Nazareth Rosa Trindade Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri/Departamento de Engenharia Florestal
  • Rodolfo Luiz Carvalhais Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais/Agronomia
  • Alisson José Eufrásio de Carvalho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais/Agronomia

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.946

Palavras-chave:

Casa de vegetação, Corretivo, Produção, Forragem.

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito das correções do solo efetuadas com calcário e silicato de cálcio e magnésio na produção de matéria seca de Panicum maximum Jacq. Cultivar capim Mombaça. Foi adotado delineamento o experimental em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x5, sendo estudado em quatro blocos o efeito de duas fontes de corretivo e cinco métodos de aplicação, além da testemunha. Nas análises onde foi observada significância estatística, realizou-se teste de Tukey a 5,0% de probabilidade. A unidade experimental é constituída por vasos (colunas) de tubos de PVC de 15 cm de diâmetro por 60 cm de altura, totalizando 44 unidades. Para tanto, foi coletado solo do horizonte B de barranco, com elevado teor de Al3+. Para realização da massa seca foram realizados quatro cortes da forragem na altura de resíduo (35 cm). Os resultados encontrados para a variável massa seca de parte aérea indicaram o tratamento 08 como o que resultou em maior produção de forragem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-25

Como Citar

Aguiar, V. F., Trindade, R. N. R., Lima, R. L. C., & Carvalho, A. J. E. de. (2017). INTERAÇÃO DO CALCÁRIO E DO SILICATO DE CÁLCIO E MAGNÉSIO COM GESSO AGRÍCOLA NA PRODUÇÃO DE MASSA SECA DE Panicum maximum JACQ. CV. CAPIM MOMBAÇA. Revista Univap, 22(40), 415. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.946