ATIVIDADE DE DETERRÊNCIA ALIMENTAR DO ÓLEO ESSENCIAL DE LARANJA AMARGA SOBRE Helicoverpa armigera HÜBNER

Autores

  • Victor Luiz de Souza Lima Centro de Ciências Agrárias e Engenharias - Universidade Federal do Espírito Santo http://orcid.org/0000-0002-3681-8598
  • Cristhian Eliseo Durán Aguirre
  • João Marcos Caliman Colodette
  • Saulo Pedroti Spala Oliveira
  • Dirceu Pratissoli

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1003

Resumo

Diversas plantas possuem compostos secundários com propriedades inseticidas e o óleo essencial de laranja amarga mostra-se com grande potencial para o controle de pragas. Recentemente, foi registrada no Brasil a espécie Helicoverpa armigera, uma das maiores pragas da agricultura mundial. Tendo em vista a falta de métodos alternativos aos inseticidas para o controle dessa praga, o objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos do óleo essencial de laranja amarga sobre H. armigera. Foi realizado um teste de escolha para avaliar a atividade deterrente. Folhas de tomate foram imersas em soluções contendo óleo de laranja amarga em três concentrações (1, 10 e 100 mg L-1). As folhas tratadas com óleo e folhas não tratadas foram oferecidas à lagartas de segunda instar e após 24h foi calculado o índice de deterrência alimentar (IDA). A concentração de 1 mg L-1 apresentou 71% de deterrência alimentar. Porém as concentrações de 10 e 100 mg L-1 causaram fitotoxidez às folhas de tomate, inviabilizando o consumo pelas lagartas e a estimativa do IDA. Novos testes devem ser realizados com concentrações menores para evitar a fitotoxidez.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-27

Como Citar

Lima, V. L. de S., Aguirre, C. E. D., Colodette, J. M. C., Oliveira, S. P. S., & Pratissoli, D. (2017). ATIVIDADE DE DETERRÊNCIA ALIMENTAR DO ÓLEO ESSENCIAL DE LARANJA AMARGA SOBRE Helicoverpa armigera HÜBNER. Revista Univap, 22(40), 437. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1003