A CRISE ESTRUTURAL DO CAPITAL NO BRASIL E SUAS INFLEXÕES NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM SERVIÇO SOCIAL: ALGUMAS REFLEXÕES

Liane Soraya Viana da da Silva, Mônica Barros da Nóbrega

Resumo


o presente texto pretende realizar uma análise sobre as principais inflexões da crise estrutural do capital iniciada a partir de 1970 sobre o Estágio Supervisionado em Serviço Social e as consequências do intenso processo de Reestruturação Produtiva, cujas bases são Flexibilização, Privatização e Desregulamentação, para a Formação e o Exercício Profissional. Nesse sentido, orientados pelo método crítico dialético, foi feita uma revisão da literatura sobre a temática, nos apropriando das discussões realizadas por Netto, Mezáros, Lewgoy, Ortiz, entre outros e analisamos os seguintes documentos: Diretrizes Curriculares da ABEPSS  de 1996 e Política Nacional da Estágio (PNE).


Palavras-chave


Crise estrutural do capital; Estágio Supervisionado;Serviço Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.895

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.