TERAPIA FOTODINÂMICA COM AZUL DE METILENO SOBRE CEPA DE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA

Autores

  • Mirian Alves Freitas Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP
  • Andre Henrique Correia Pereira Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP
  • Leticia Correa Fontana Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP
  • Juliana Ferreira-Strixino Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.817

Palavras-chave:

Staphylococcus aureus, Terapia Fotodinâmica, Azul de Metileno

Resumo

S. aureus é o agente etiológico de maior importância associado às infecções adquiridas tanto em âmbito comunitário ou hospitalar, devido a sua capacidade de desenvolver resistência às terapias convencionais. A Terapia Fotodinâmica (TFD) surge como alternativa a ser utilizada no controle de cepas resistentes aos antibioticos. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da TFD com Azul de Metileno (AM) sobre cepas de S. aureus resistente à meticilina (MRSA). As amostras foram diluídas em PBS estéril de acordo com a escala 0,5 de MacFarland. Os grupos foram compostos com diferentes concentrações de AM, incubados no escuro durante 15 minutos e irradiados por LED Biopdi/Irrad-Led5 em 660nm com fluência de 10 J/cm². Posteriormente, foram semeadas e incubadas à 37ºC por 24 horas. A contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFCs) demonstrou que a TFD foi eficaz na menor concentração testada de AM sobre cepas de MRSA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-17

Como Citar

Freitas, M. A., Pereira, A. H. C., Fontana, L. C., & Ferreira-Strixino, J. (2017). TERAPIA FOTODINÂMICA COM AZUL DE METILENO SOBRE CEPA DE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA. Revista Univap, 22(40), 329. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.817