LOTEAMENTOS IRREGULARES EM ÁREA DE RISCO A ESCORREGAMENTOS NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS-SP: UM ESTUDO DOS LOTEAMENTOS ÁGUAS DE CANINDÚ I E II E CHACARAS HAVAI

David Rico Freitas, Mário Valério Filho, Rodolfo Moreda Mendes

Resumo


Este artigo objetivou quantificar o crescimento das edificações nos loteamentos Águas do Canindú I e II e Chácaras Havaí, ambos irregulares e clandestinos no município de São José dos Campos. Estes se localizam na região norte da cidade, a qual é caracterizada por paisagens típicas serranas do Vale do Paraíba com feições de morros, serras e picos. Ambos os Loteamentos apresentam ocupações urbanas que não obedecem aos aspectos técnicos de construção, instalando-se em declividades impróprias, com condições precárias para recebimento das águas pluviais e servidas. O somatório dos parâmetros, referentes ao meio físico restrito às edificações e as construções desprovidas de conhecimento técnico, resultam em ocorrências de escorregamento em diferentes graus de risco na localidade.


Palavras-chave


Urbanização; áreas de risco; edificações; São José dos Campos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i41.396

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.