EFEITOS DA TERAPIA LASER DE BAIXA INTENSIDADE EM MODELO EXPERIMENTAL DE TENDINOPATIA EM RATOS: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Diego Rodrigues Pessoa Universidade do Vale do Paraíba
  • Davidson Ribeiro Costa Universidade do Vale do Paraíba
  • David Ribeiro Costa Universidade do Vale do Paraíba
  • Carolina Alves Delpasso Universidade do Vale do Paraíba
  • Emília Ângela Lo Schiavo Arisawa Universidade do Vale do Paraíba

Palavras-chave:

Tendinopatia, laserterapia, ratos, tendão, terapia a laser de baixa intensidade.

Resumo

Tendinopatia é o termo utilizado para descrever lesões que afetam os tendões (tendinites e tendinoses), caracterizada pela presença de inflamação e degeneração tecidual, associada à sobrecarga mecânica e a movimentos repetitivos. Diversas modalidades terapêuticas têm sido estudadas no tratamento das tendinopatias, entre elas, destaca-se a terapia a laser de baixa intensidade (TLBI) que visa acelerar o processo regenerativo, diminuir a inflamação e reduzir a dor.  Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo realizar revisão de literatura, de artigos científicos com foco nos efeitos da terapia a laser de baixa intensidade (TLBI), em modelo experimental de tendinopatia em ratos. O estudo baseou-se na investigação de publicações entre janeiro de 2011 a outubro de 2016, em bases de dados eletrônicas com o emprego dos descritores “tendinopatia”, “laserterapia”, “ratos”, “tendão” e “terapia a laser de baixa intensidade”, combinados aos descritores booleanos. Foram selecionados sete artigos que apontam que a TLBI possibilitou a redução de importantes marcadores pró-inflamatórios, tais como IL-6 e TNF-α, bem como a proliferação aumentada de tenócitos, independentemente da dosagem aplicada. Os estudos científicos selecionados nesta revisão sistemática sinalizaram efeitos positivos da TLBI, principalmente na modulação da resposta inflamatória aguda ou crônica após a indução da tendinopatia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Rodrigues Pessoa, Universidade do Vale do Paraíba

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), Centro de Laserterapia e Fotobiologia (CELAFO).

Davidson Ribeiro Costa, Universidade do Vale do Paraíba

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), Centro de Laserterapia e Fotobiologia (CELAFO).

David Ribeiro Costa, Universidade do Vale do Paraíba

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), Centro de Laserterapia e Fotobiologia (CELAFO).

Carolina Alves Delpasso, Universidade do Vale do Paraíba

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D), Centro de Laserterapia e Fotobiologia (CELAFO).

Emília Ângela Lo Schiavo Arisawa, Universidade do Vale do Paraíba

Faculdade de Ciências e Saúde (FCS).

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

Pessoa, D. R., Costa, D. R., Costa, D. R., Delpasso, C. A., & Arisawa, E. Ângela L. S. (2017). EFEITOS DA TERAPIA LASER DE BAIXA INTENSIDADE EM MODELO EXPERIMENTAL DE TENDINOPATIA EM RATOS: REVISÃO DE LITERATURA. Revista Univap, 23(43), 102–112. Recuperado de http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/article/view/1781

Edição

Seção

Revisão de Literatura