AULA PRATICA DE VÍRUS E BACTÉRIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL

Teresa de Araújo Oliveira Medeiros, Daphane Alves Dias, Jéssika Santos de Oliveira, Maria Juliana Araújo de Oliveira

Resumo


O uso de metodologias para o ensino de Ciências tem se modernizado a cada dia em busca de melhor compreensão do aluno e conexão do ensino teórico com sua aplicação na prática. Com isso, professores tem lançado mão de aulas práticas mais dinâmicas e investigativas, despertando o interesse de seus alunos.  O objetivo do trabalho é contribuir para a aprendizagem dos conteúdos de vírus e bactérias, por meio de aulas práticas investigativas. A metodologia utilizada foi a separação de duas turmas A e B, com 24 e 19 alunos respectivamente, totalizando 43 alunos. Cada turma realizou a observação das bactérias do iogurte ao microscópio, respondendo ao questionário aplicado, em seguida, cada turma realizou a montagem de modelos de bactérias e vírus. As turmas demonstraram interesse e empolgação para a realização de atividades, assim como capacidade em responder questionamentos.

Palavras-chave


Aprendizagem; Ensino de ciências; Educação; Microscopio

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1704

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.