VARIABILIDADE GENÉTICA DE CARACTERES DO CRESCIMENTO INICIAL DE FAMÍLIA DE MEIOS-IRMÃOS DO MAMOEIRO

Dayane Gonçalves da Silva, Alyce Carla Rodrigues Moitinho, Karin Tesch Kuhlcamp, Sarah Ola Moreira, Fabíola Lacerda de Souza Barros

Resumo


A cultura de mamoeiro (Carica papaya) necessita de novas cultivares, mais produtivas, adaptadas e que atendam às exigências dos mercados externo e interno. Nesse trabalho foram avaliados caracteres morfoagronômicos em famílias de meios-irmãos da cultivar Rubi Incaper 511, durante a fase vegetativa. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos ao acaso, com cinco repetições e nove plantas por parcela. Foram avaliados dezoito famílias de meios-irmãos provenientes da cultivar Rubi Incaper 511 e a própria cultivar, como testemunha. Foi medida a altura de planta, a altura de inserção dos primeiros frutos e diâmetro de caule. Foi calculada a  análise de variância, o coeficiente de variação e o coeficiente de determinação genotípico. As médias foram agrupadas pelo método Scott-Knott. Houve diferenças significativas entre os genótipos para todas as variáveis analisadas. Foi possível identificar famílias com menor AP e AF e maior DF, características que atendam ao interesse de produtores de mamoeiro.


Palavras-chave


Carica papaya; análise de variância; agrupamento das médias.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1101

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.