A CATACLÍSMICA VARIÁVEL MAGNÉTICA V348 PAV

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1053

Palavras-chave:

Astrofísica estelar, Variáveis Cataclísmicas, Polares

Resumo

No âmbito de um projeto de busca por novos objetos da classe de Variáveis Cataclísmicas magnéticas (mCVs - magnetic Cataclysmic Variables), selecionamos SSS110526:195648-603430 (em diante SSS1956-60) para um estudo observacional detalhado. SSS1956-60 foi classificado como a novalike CV V348 Pav (DOWNES et al. 1997) e também identificada como V1956-6034, uma candidata a polar pelo seu espectro (DRISSEN et al. 1994). Essa fonte apresenta diferentes tipos de variabilidade na curva de luz do CRTS (Catalina Real-Time Survey): longa (anos) e curtas (um mês) variações entre 18 a 15 mag, e variação de 1 mag em escalas de tempo de dias. Neste trabalho apresentamos a análise de serie temporal espectral de 13h feita pelo espectrógrafo Goodman no telescópio SOAR e serie temporal polarimétrica e fotométrica de cerca de 20h obtido no telescópio P&E no OPD/LNA. Nós obtivemos um período orbital de ≈80 min usando a velocidade radial da linha de Hβ. A fotometria apresentou uma curva de luz de amplitude senoidal de 0.7 mag com um período de 0.05556 dias e uma modulação de polarização circular com amplitude de aproximadamente 15%

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-02-06

Como Citar

Palhares, M. S., Rodrigues, C. V., Silva, K. M. G., Lima, I., Cieslinski, D., Jablonski, F. J., Almeida, L. A., Martins, M., & Oliveira, A. S. (2017). A CATACLÍSMICA VARIÁVEL MAGNÉTICA V348 PAV. Revista Univap, 22(40), 471. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1053