INDUÇÃO IN VITRO DE BROTOS EM JACARANDÁ-DA-BAHIA (DALBERGIA NIGRA VELLOZO)

Tabatta Caroline Cerri, João Otávio Silva, Aline Tintori Mantovani, Geisiele Silva Martins, Renan Carrari dos Santos, Elias Terra Werner

Resumo


O jacarandá-da-bahia (Dalbergia nigra Vellozo) é uma espécie nativa da Mata Atlântica que está ameaçada de extinção na tentativa de conservar a espécie, a micropropagação surge como uma das soluções para este problema por ser de baixo custo e produzir plântulas com um período curto de tempo. Dessa forma, o objetivo deste projeto foi avaliar as condições mais favoráveis à indução de brotos in vitro, possibilitando o uso de técnicas de micropropagação por ser uma das etapas deste processo. Para indução dos brotos foi utilizado o meio MS e testado dois tipos de explante (segmento apical e segmento nodal) e três concentrações de TDZ (0, 5 e 20 μM). Com os resultados de número de brotos por explante, após 30 dias de inoculação, observamos que não houve interação significativa entre os explantes e as concentrações de TDZ. A diferença significativa foi encontrada apenas entre os explantes, sendo o nodal (2.26) apresentando maior número de brotos que o apical (1.16). Pode-se concluir então que as concentrações de TDZ não influenciaram no número de brotos e que o segmento nodal é o mais indicado para o processo de micropropagação.

Palavras-chave


Micropropagação, reguladores de crescimento, organogênese, mata atlântica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1811

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Univap

Revista UniVap é uma publicação eletrônica (a partir da edição nº 29 passa a ser on-line) editada pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), que tem o intuito de promover a divulgação de pesquisas e estudos, cumprindo a tríplice missão da universidade, de proporcionar ensino, pesquisa e extensão de modo indissociável. Esta publicação incentiva as pesquisas e procura o envolvimento de seus professores e alunos em pesquisas e cogitações de interesse social, educacional, científico ou tecnológico. Aceita artigos originais, não publicados anteriormente, de seus docentes, discentes, bem como de autores da comunidade científica nacional e internacional. Publica artigos, notas científicas, relatos de pesquisa, estudos teóricos, relatos de experiência profissional e resenhas.

- ACESSO ÀS NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHOS NA REVISTA UNIVAP

- FLUXOGRAMA DO PROCESSO EDITORIAL


O endereço da revista é http://revista.univap.br/index.php/revistaunivap

 

Atualmente, a Revista UNIVAP possui 9 indexadores:

O Índice de Citações da Revista UNIVAP está disponível por intermédio do Google Acadêmico <https://scholar.google.com.br/citations?user=tmYYoVwAAAAJ&hl=pt-BR>.