ESPERMATOGÊNESE EM Callichirus major (CRUSTACEA: AXIIDEA)

Autores

  • Tugstênio Lima Souza Universidade Federal do Espírito Santo
  • Adriane Araujo Braga Universidade Federal do Espírito Santo
  • Erika Takagi Nunes Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.924

Palavras-chave:

reprodução, histologia, corrupto, decapoda, gametogênese

Resumo

Callichirus major pertence à ordem Decapoda e família Callianassidae, sendo uma espécie que habita a região interdial de ecossistemas praianos, sendo amplamente capturada para utilização como isca viva para pesca. O presente estudo objetivou descrever morfologicamente o processo espermatogênico nesta espécie de crustáceo, com a finalidade de entender melhor a sua biologia reprodutiva. Os animais, coletados ao longo da Praia do Corujão, em Piúma/ES, foram triados e, em laboratório, tiveram suas gônadas masculinas dissecadas e submetidas ao processamento histológico de rotina. As células germinativas foram classificadas em: Espermatogônia (SPG); Espermatócito I e II (SPTCI, SPTCII); Espermátide inicial e final (EI, EF) e Espermatozoide (SPZ). Células acessórias também estiverem presentes, possuindo núcleo esférico ou triangular, distribuídas na periferia e entre a linhagem germinativa no lóbulo gonadal. Baseado nas observações microscópicas foi possível constatar que esta espécie possui a espermatogênese assincrônica, indicando que a reprodução pode ocorrer durante o ano todo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-24

Como Citar

Souza, T. L., Braga, A. A., & Nunes, E. T. (2017). ESPERMATOGÊNESE EM Callichirus major (CRUSTACEA: AXIIDEA). Revista Univap, 22(40), 402. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.924