ALTERAÇÃO DO MÉTODO DE GRAVAÇÃO DE EIXOS FERROVIÁRIOS – UM ESTUDO DE CASO

Marcus Vinicius Souza Dias, Giorgio Eugênio Oscare Giacaglia

Resumo


Com a competitividade cada dia mais acirrada no mercado, empresas se desenvolvem e aprimoram suas estratégias e tecnologias. Com este cenário é imprescindível o olhar crítico dos responsáveis pelo processo, na busca da melhoria contínua dentro do processo de manufatura, buscando aprimorar as atividades através de novos métodos e ferramentas. Sendo assim, este artigo busca apresentar, por meio de um estudo de caso, dentro de uma empresa metalúrgica do ramo ferroviário, de médio porte, no setor de usinagem de eixos ferroviários, como a alteração do método de gravação em eixos ferroviários trouxe ao processo: economia (R$), maior rastreabilidade (controle do produto) e melhoria ergonômica; itens de extrema importância em um cenário de alta competitividade.


Palavras-chave


Eixos ferroviários; Método de gravação; Economia; Rastreabilidade; Ergonomia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.634

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.