INFLUÊNCIA DA PROFUNDIDADE E O DESPOLPAMENTO NA GERMINAÇÃO DE PALMITO JUÇARA (Euterpe edullis Mart.)

Autores

  • Graziela Evencio de Oliveira Universidade Federal do Espírito Santo
  • Gustavo Ferreira Valani Universidade Federal do Espírito Santo
  • Paloma Francisca Pancieri Universidade Federal do Espírito Santo
  • Amanda Duim Ferreira Universidade Federal do Espírito Santo
  • Fabio Oseias dos Reis Silva Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1616

Resumo

A exploração do palmito Juçara, Euterpe edullis Mart tem ocorrido de forma extrativista e predatória para a obtenção do palmito, interferindo na reprodução dessa palmeira. Outro fator que interfere nessa reprodução é presença de substancias inibidoras na polpa. O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da profundidade das sementes no substrato e uso de despolpamento. Os parâmetros avaliados foram: % germinação e o IVG (índice de velocidade de germinação. O delineamento foi inteiramente casualizado no sistema fatorial 2x2 (sem polpa e com polpa x sobre areia e entre areia). Cada tratamento foi composto por quatro repetições e cada repetição por 25 sementes. Os tratamentos foram dispostos da seguinte forma: (T1) sem polpa e sobre areia, (T2) com polpa e sobre areia, (T3) sem polpa e entre areia e (T4) com polpa e entre areia. Os dados foram submetidos a análise de variância e comparados pelo teste de Tukey a 1% de probabilidade, utilizando o programa estatístico Assistat. Concluindo-se que a melhor profundidade é sobre areia com as sementes despolpadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-04-25

Como Citar

Evencio de Oliveira, G., Valani, G. F., Pancieri, P. F., Ferreira, A. D., & Silva, F. O. dos R. (2017). INFLUÊNCIA DA PROFUNDIDADE E O DESPOLPAMENTO NA GERMINAÇÃO DE PALMITO JUÇARA (Euterpe edullis Mart.). Revista Univap, 22(40), 714. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1616