MULHER DE PEITO: FALANDO ABERTAMENTE SOBRE O CÂNCER DE MAMA

Bruna Barcelos Fernandes, Klindia Ramos Barcelos, Fabiana Dável Canal

Resumo


O câncer de mama é o segundo tipo de neoplasia maligna mais freqüente em mulheres no mundo, e essa constatação pode ser percebida devido ao elevado número de diagnósticos em casos que a doença já se apresenta avançada. Falar sobre uma vida que imprevisivelmente vivenciou a experiência do adoecer é tocar o impalpável, é sentir dores, lutas, e perceber que ao pesquisar seu mundo, as experiências já não são mais singulares, mas compartilháveis, mesmo que em proporções distintas. Vivenciar o câncer e tudo que a doença carrega consigo é doloroso, mas é possível em meio a todo sofrimento, criar estratégias de enfrentamento diante de tudo que a doença apresenta. Desta forma, através de um relato de caso, este trabalho tem por intuito abordar a experiência de S.M.A (nome fictício para não expor a entrevistada), evidenciando a descoberta da doença e análises acerca do que vivenciou ao longo do tratamento.


Palavras-chave


Câncer de mama; enfrentamento; ressignificação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1608

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Univap

 

 Universidade do Vale do Paraíba – UNIVAP

Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Profa. Dra. Sandra Maria Fonseca da Costa

Av. Shishima Hifumi, 2911 – Urbanova
12244-000 - São José dos Campos – SP

revista.univap.br-revista@univap.br
Telefone: (12) 3947-1237

 

Licença Creative Commons

Esse trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.