REVESTIMENTO DE PANOS COM POLÍMERO AUMENTA A EFICIÊNCIA DO FUNGO Metarhizium anisopliae NO CONTROLE DE Aedes aegypti

Autores

  • Aline Teixeira Carolino
  • Catia Oliveira de Paula de Morais
  • Mariana Borges Cerqueira Cypriano
  • Simone Azevedo Gomes
  • Thais Berçot Pontes Teodoro
  • Richard Ian Samuels

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1470

Palavras-chave:

Entomopatógeno, virulência, pano preto, alginato de sódio, dengue

Resumo

A estratégia de aplicação do fungo sobre panos pretos é uma ferramenta eficiente no controle do mosquito A. aegypti. Para aprimorar a técnica e aumentar o número de conídios disponíveis na superfície do pano, os panos de algodão preto foram revestidos com alginato de sódio (ALG) e impregnados com o fungo entomopatogênico M. anisopliae (F). O fungo foi pulverizado sobre os panos e após secos, ficaram em contato com os mosquitos por 48h. Nos ensaios de germinação, foi possível verificar que o alginato não influenciou na viabilidade do fungo. No meio de cultura SDA acrescido com alginato foi verificado germinação de 97% dos conídios e 98% no grupo controle, sem adição do polímero. Nos ensaios de sobrevivência, o tratamento ALG+F foi mais eficiente em reduzir a sobrevivência dos mosquitos sendo verificada 12% de sobrevivência e S50 de 3 dias. O tratamento Fungo+Tween apresentou menor eficiência, sendo constatado 42% de sobrevivência e S50 de 7 dias.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-04-04

Como Citar

Teixeira Carolino, A., Oliveira de Paula de Morais, C., Borges Cerqueira Cypriano, M., Azevedo Gomes, S., Berçot Pontes Teodoro, T., & Ian Samuels, R. (2017). REVESTIMENTO DE PANOS COM POLÍMERO AUMENTA A EFICIÊNCIA DO FUNGO Metarhizium anisopliae NO CONTROLE DE Aedes aegypti. Revista Univap, 22(40), 708. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1470