DESENVOLVIMENTO INICIAL A CAMPO DE MUDAS DE CAFÉ ARÁBICA CATUAÍ VERMELHO PROVENIENTES DE DIFERENES RECIPIENTES E SUBSTRATOS

Autores

  • Matheus Wandermurem da Silva Instituto Federal do Espírito Santo
  • Jean Karlos Barros Galote Instituto Federal do Espírito Santo
  • Juliana Elias de Oliveira Instituto Federal do Espírito Santo
  • Sandy Queiroz Espinoso Instituto Federal do Espírito Santo
  • Diego Souza Tosta Instituto Federal do Espírito Santo
  • Richardson Sales Rocha Instituto Federal do Espírito Santo
  • Otacílio José Passos Rangel Instituto Federal do Espírito Santo
  • Wallace Luís de Lima Instituto Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1370

Resumo

Com o objetivo de avaliar os efeitos de recipientes e substratos orgânicos no desenvolvimento inicial de cafeeiros (Coffea arabica L.). O experimento foi realizado no Setor de Agroecologia do Ifes Campus de Alegre, em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial duplo (2x4), sendo o primeiro fator o tipo de recipientes (sacolinha de polietileno - 650 cm³; tubetinho - 120cm³), o segundo fator aos tipos de substratos orgânicos (Plantmax; Composto A (Leguminosa); Composto B (Orgânico); Composto C (Vermicomposto)). Foram produzidas 48 mudas seminais de café arábica Catuaí vermelho (IAC 44), cada tratamento com 6 repetições, e parcela constituída de 1 planta. As melhores respostas para as variáveis de desenvolvimento avaliadas, foram obtidas para as mudas oriundas de sacolinhas (650 cm³).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-24

Como Citar

da Silva, M. W., Galote, J. K. B., de Oliveira, J. E., Espinoso, S. Q., Tosta, D. S., Rocha, R. S., Rangel, O. J. P., & de Lima, W. L. (2017). DESENVOLVIMENTO INICIAL A CAMPO DE MUDAS DE CAFÉ ARÁBICA CATUAÍ VERMELHO PROVENIENTES DE DIFERENES RECIPIENTES E SUBSTRATOS. Revista Univap, 22(40), 666. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1370